All Coptic Links - Coptic Directory - Orthodox Church Directory The Agbeya - The Coptic Book of Prayers (English Agbiya + Arabic Agpeya) English Bible + Holy Bible in other languages - Arabic, French, Ethiopian Amharic Holy Bible, ArabicBible, Enjeel Saint Takla dot org - Main page - English Photo and Image Gallery: Jesus - Mary - Saints - St. Takla - Church - Priests - Bible - Activities - pictures and Icons.. Download and listen to Hymns - Carols - Midnight Praise (Tasbeha) - Midis - Videos - Liturgies - Masses - Sermons - Online Streaming St-Takla.org   Coptic Church Website Logo of Saint Takla Haymanot the Ethiopian Website - Alexandria - Egypt - موقع الأنبا تكلا هيمانوت FAQ - Frequently Asked Questions and Answers - Coptic and Christan Q&A - Faith, Creed, Site, Youth, Family, Holy Bible Contact Us - Address - Map - Online Support Send a free Christian and Coptic Greeting Cards to your friends موقع الكنيسة القبطية باللغة العربية - الموقع العربي StTaklaorg Site News and Updates Downloads.. Winamp Skins - Coptic fonts - Agbeya - Software - Freeware - Icons - Gallery - Mp3s Feedback - Submit URL - ideas - Suggestions.. Kids' Corner - Coloring - Songs - Games - Stories Free Coptic Books - Christian Arabic Books, Orthodox English Books  

Portuguese Bible - BÍBLIA ON-LINE - Antigo Testamento

Zacarias

 

[Zacarias 1]Zacarias 1

TÍTULO
1. No oitavo mês do segundo ano de Dario, a palavra de Javé foi dirigida ao profeta Zacarias, filho de Baraquias, filho de Ado, com esta mensagem:

I. RECONSTRUIR O POVO DE DEUS

CONVERTAM-SE
2. Javé irou-se profundamente contra os antepassados de vocês.
3. Então você deverá dizer ao povo de hoje: Assim diz Javé dos exércitos: Voltem para mim - oráculo de Javé dos exércitos - e eu voltarei para vocês, diz Javé dos exércitos.
4. Não façam como seus antepassados. Os profetas antigos chamavam a atenção deles, dizendo: "Assim diz Javé dos exércitos: Convertam-se de seus caminhos e de suas más ações". Mas eles não escutaram, nem me deram atenção - oráculo de Javé.
5. Onde estão os antepassados de vocês? E os profetas, continuam vivendo para sempre?
6. Agora, a minha palavra e as ordens que dei a meus servos, os profetas, por acaso não atingiram os antepassados de vocês? Então eles se converteram e disseram: "Javé dos exércitos aplicou-nos o castigo que tinha planejado para nós, conforme nossos caminhos e nossas ações".

1. A RECONSTRUÇÃO DA CIDADE

PRIMEIRA VISÃO: A VERDADEIRA PAZ
7. No dia vinte e quatro do décimo primeiro mês do segundo ano de Dario, a palavra de Javé foi dirigida ao profeta Zacarias, filho de Baraquias, filho de Ado, na seguinte forma:
8. Tive uma visão durante a noite. Havia um homem montado num cavalo marrom, parado entre as árvores de murta, no fundo de um abismo. Atrás dele estavam cavalos marrons, alazões e brancos.
9. Então perguntei: "Quem são eles, meu Senhor?" (O anjo que falava comigo respondeu: "Vou mostrar-lhe quem são eles").
10. O homem parado no meio das árvores de murta respondeu: "Estes são os que Javé enviou para percorrer a terra".
11. Eles trouxeram a resposta ao anjo de Javé, que estava parado no meio do arvoredo: "Acabamos de percorrer a terra, e ela toda repousa tranqüila".
12. E o anjo de Javé perguntou: "Javé dos exércitos, até quando ficarás sem mostrar compaixão para com Jerusalém e as outras cidades de Judá, contra as quais estás irado já faz setenta anos?"
13. Javé respondeu ao anjo que falava comigo com palavras boas e consoladoras.
14. Então o anjo de Javé que falava comigo ordenou: "Proclame: Assim diz Javé dos exércitos: Tenho ciúmes de Jerusalém e de Sião, um ciúme muito grande.
15. E também estou muito irado contra as nações que vivem confiantes, pois quando eu estava apenas um pouco irado elas continuaram a colaborar com o mal.
16. Por isso, assim diz Javé: Eu me volto para Jerusalém cheio de compaixão: meu Templo será construído - oráculo de Javé dos exércitos - e o cordel de medir será estendido sobre Jerusalém.
17. Proclame ainda: Assim diz Javé dos exércitos: Minhas cidades novamente transbordarão de bens, Javé de novo consolará Sião, e mais uma vez ele vai escolher a cidade de Jerusalém".

[Zacarias 2]
Zacarias 2

SEGUNDA VISÃO: DEUS VENCE OS IMPÉRIOS
1. Levantei os olhos e vi quatro chifres.
2. Perguntei ao anjo que falava comigo: "Que significam esses chifres?" Ele respondeu: "São os chifres que dispersaram Judá, Israel e Jerusalém".
3. Depois Javé me fez ver quatro ferreiros.
4. Perguntei: "O que eles vão fazer?" Ele respondeu: "(Estes são os chifres que dispersaram Judá, de tal modo que ninguém podia levantar a cabeça). Os ferreiros vieram para aterrorizá-los, para cortar fora os chifres dessas nações que investem contra a terra de Judá, espalhando sua gente pelo mundo".

TERCEIRA VISÃO: SÓ JAVÉ PROTEGE
5. Levantei os olhos e vi um homem com o cordel de medir.
6. Perguntei: "Aonde você vai?" Ele respondeu: "Vou medir Jerusalém, para ver qual é a sua largura e comprimento".
7. Então o anjo que falava comigo deu um passo à frente, e outro anjo veio ao encontro dele.
8. E aquele disse a este: "Corra, vá dizer àquele moço que Jerusalém deve ficar sem muros, por causa da multidão de homens e animais que ela deverá acolher.
9. Mas eu serei para ela - oráculo de Javé - muralha de fogo ao seu redor e, no meio dela, eu serei a sua glória".

JAVÉ ESTÁ COM SEU POVO
10. Vamos, vamos! Fujam da Babilônia - oráculo de Javé - pois eu dispersei vocês pelos quatro ventos - oráculo de Javé.
11. Ai, filhos de Sião que moram na Babilônia, fujam!
12. Porque assim diz Javé dos exércitos, depois que a glória me mandou às nações que roubaram vocês: Quem fere a vocês, fere a pupila dos meus olhos.
13. Pois eu agito a mão contra eles, e serão despojo para aqueles que eram seus escravos. Assim vocês ficarão sabendo que foi Javé dos exércitos quem me mandou.
14. Festeje e fique alegre, filha de Sião, pois eu estou vindo para morar com você - oráculo de Javé.
15. Nesse dia, numerosas nações vão aderir a Javé e passarão a ser o meu povo. Eu virei morar em seu meio, e você ficará sabendo que foi Javé dos exércitos quem me mandou a você.
16. Javé tomará Judá como sua porção na terra santa e tornará a escolher Jerusalém.
17. Silêncio diante de Javé, criaturas todas, pois ele se levanta em sua morada santa.

[Zacarias 3]
2. OS CHEFES DA CIDADE

Zacarias 3

QUARTA VISÃO: O CHEFE RELIGIOSO
1. Depois Javé me fez ver Josué, o chefe dos sacerdotes, parado na frente do anjo de Javé. E Satanás estava em pé, à direita de Josué, para acusá-lo.
2. E o anjo falou a Satanás: "Que Javé segure você, Satanás, que Javé o segure, pois ele escolheu Jerusalém. Esse aí não é, por acaso, um tição tirado do fogo?"
3. Josué estava vestido com roupas sujas e parado na frente do anjo.
4. Então, o anjo falou aos que estavam de pé, à sua frente: "Tirem dele as roupas sujas". E disse a Josué: "Veja, eu afastarei de você a sua culpa e o revestirei com roupas limpas".
5. E acrescentou: "Ponham-lhe na cabeça um turbante limpo". Então lhe puseram na cabeça um turbante limpo e o vestiram com roupas limpas. O anjo de Javé estava de pé
6. e falou solenemente a Josué:
7. "Assim diz Javé dos exércitos: Se você andar nos meus caminhos e guardar os meus mandamentos, você governará meu Templo e guardará meus átrios, e eu os deixarei entrar entre estes que estão aqui de pé.
8. Escute, pois, Josué, chefe dos sacerdotes, você e seus companheiros que estão diante de você, porque eles são homens de presságio: eu estou fazendo vir o meu servo Germe.
9. Aqui está a pedra que coloquei diante de Josué: sobre esta pedra há sete olhos. Eu mesmo gravarei nela uma inscrição - oráculo de Javé dos exércitos - e num só dia tirarei a maldade desta terra.
10. Nesse dia - oráculo de Javé dos exércitos - cada um de vocês poderá convidar seu vizinho para vir debaixo da sua própria parreira e debaixo da sua própria figueira".

[Zacarias 4]
Zacarias 4

QUINTA VISÃO: O CHEFE POLÍTICO
1. O anjo que estava conversando comigo voltou e me fez acordar, como se estivesse despertando alguém do sono.
2. Ele perguntou: "O que você está vendo?" Respondi: "Vejo um candelabro todo de ouro, tendo na ponta um reservatório de azeite e sete lâmpadas nos sete bicos que há na extremidade.
3. E junto dele vejo também duas oliveiras, uma à direita e outra à esquerda".
4. Então perguntei ao anjo que falava comigo: "O que significam essas coisas, meu senhor?"
5. O anjo que falava comigo respondeu: "Você não sabe o que significam essas coisas?" Respondi: "Não, meu senhor".
6a. Então ele me explicou:
10.
b. "As sete lâmpadas são os olhos de Javé, que percorrem toda a terra".
11. Eu lhe perguntei: "O que significam as duas oliveiras, uma à direita e outra à esquerda do candelabro?"
12. E tornei a perguntar: "O que significam esses dois ramos de oliveira que vertem azeite dourado por dois bicos de ouro?"
13. Ele me respondeu: "Você não sabe o que significam essas coisas?" Eu respondi: "Não, meu senhor".
14. Ele me explicou: "São os dois homens ungidos que estão de pé diante do Senhor de toda a terra".
6b. Esta é a mensagem de Javé para Zorobabel: Não será com o poder nem com a força, será com o meu espírito, diz Javé dos exércitos.
7. Quem é você, grande montanha? Diante de Zorobabel, você se tornou apenas uma planície, de onde ele tira a primeira pedra aos gritos: "Graças a ela! Graças a ela!"
8. A palavra de Javé foi dirigida a mim para explicar:
9. "As mãos de Zorobabel lançaram os fundamentos deste Templo; suas mãos irão terminá-lo. Assim vocês ficarão sabendo que foi Javé dos exércitos quem me mandou a vocês.
10a. Pois, quem desprezou o dia de pequenos acontecimentos? Que eles se alegrem vendo a pedra escolhida na mão de Zorobabel".

[Zacarias 5]
3. O POVO DA CIDADE

Zacarias 5

SEXTA VISÃO: JUSTIÇA SOCIAL
1. Levantei novamente os olhos e vi um livro voando.
2. O anjo que falava comigo perguntou: "O que você está vendo?" Respondi: "Estou vendo um livro que voa; tem uns dez metros de comprimento por cinco de largura".
3. E ele me disse: "É a maldição que se espalha sobre a superfície de todo o país. E, assim como o livro, todo ladrão será expulso daqui; e todo aquele que jura falso em meu nome, será expulso daqui, tal como o livro.
4. Eu espalharei essa maldição - oráculo de Javé dos exércitos - para que entre na casa do ladrão e na casa daquele que jura falso em meu nome. Ela vai se estabelecer dentro dessas casas e destruirá sua madeira e sua pedra".

SÉTIMA VISÃO: A MALDADE SERÁ ELIMINADA
5. O anjo que falava comigo aproximou-se e disse: "Levante os olhos e veja isto que vem vindo".
6. Eu perguntei: "O que é isso?" Ele respondeu: "É uma vasilha que vem vindo". E acrescentou: "É a maldade que está no país todo".
7. Ergueu-se a tampa de chumbo e havia dentro da vasilha uma mulher sentada.
8. O anjo disse: "Ela é a maldade". Empurrou-a novamente para dentro da vasilha e fechou-a com a tampa de chumbo.
9. Olhei de novo e vi: surgiam duas mulheres com asas ao vento. Tinham asas iguais às da cegonha. Elas levantaram a vasilha entre a terra e o céu.
10. Eu perguntei ao anjo que falava comigo: "Para onde elas vão levar a vasilha?"
11. Ele respondeu: "Para o templo que lhe irão construir na terra de Senaar; vão fazer-lhe um pedestal e colocá-la em cima".

[Zacarias 6]
Zacarias 6

OITAVA VISÃO: REUNIÃO DO POVO
1. Levantei os olhos novamente e vi quatro carros. Vinham saindo do meio de duas montanhas, e as montanhas eram de bronze.
2. O primeiro carro tinha cavalos vermelhos; o segundo carro, cavalos pretos;
3. o terceiro carro, cavalos brancos; e o quarto carro, cavalos malhados. Eram cavalos vigorosos.
4. Então perguntei ao anjo que falava comigo: "Quem são eles, meu Senhor?"
5. O anjo respondeu-me: "São os quatro ventos do céu, que saem depois de ter estado diante do Senhor de toda a terra.
6. O carro de cavalos pretos vai para o lado do norte, os cavalos brancos vão atrás deles, e os cavalos malhados vão para o sul".
7. Fogosos, eles estavam impacientes para percorrer a terra. E o anjo mandou: "Vão percorrer a terra". E eles percorreram a terra.
8. Ele me chamou e disse: "Veja: esses que partiram para o norte, farão o meu Espírito chegar ao país do norte".

4. O PRESENTE EM VISTA DO FUTURO

UMA LEMBRANÇA PARA O FUTURO
9. A palavra de Javé foi dirigida a mim, dizendo:
10. "Pegue ouro e prata de alguns exilados que pertencem às famílias de Heldai, de Tobias e de Idaías, e vá até a casa de Josias, filhos de Sofonias, que chegou da Babilônia.
11. Tome ouro e prata, faça coroas e coloque-as na cabeça de Josué, filho de Josedec, chefe dos sacerdotes.
12. Depois, diga-lhe o seguinte: Assim diz Javé dos exércitos: Aqui está um homem; o seu nome é Germe, e onde ele está vai germinar. Ele construirá o Templo de Javé.
13. Sim, ele construirá o Templo de Javé; ele vai receber a glória, se assentará e governará desde o seu trono. Um sacerdote estará ao seu lado e, entre os dois, haverá um conselho de paz.
14. Para Heldai, Tobias, Idaías e para o filho de Sofonias, essas coroas serão uma lembrança no Templo de Javé".
15. Eles virão de longe e construirão o Templo de Javé; então, vocês vão ficar sabendo que foi Javé dos exércitos quem me mandou a vocês. E isso acontecerá se vocês obedecerem a Javé, o Deus de vocês.

[Zacarias 7]
Zacarias 7

JUSTIÇA EM PRIMEIRO LUGAR
1. No dia quatro do mês de Casleu, o nono mês, no ano quatro do rei Dario, a palavra de Javé foi dirigida a Zacarias.
2. Betel enviou o alto funcionário do rei, Sarasar, com seus homens, para suplicar a Javé
3. e perguntar aos sacerdotes do Templo de Javé dos exércitos e aos profetas: "Eu devo chorar no quinto mês e fazer jejum, como tenho feito há tantos anos?"
4. A palavra de Javé dos exércitos foi dirigida a mim, dizendo:
5. "Diga a todo o povo da terra e também aos sacerdotes: Quando vocês, durante setenta anos, jejuaram e bateram no peito a cada quinto mês e a cada sétimo mês, por acaso foi para mim que vocês jejuaram?
6. E quando vocês comem e bebem, não é para vocês mesmos que estão comendo e bebendo?
7. E não foi isso que Javé disse pela boca dos seus profetas antigos, no tempo em que Jerusalém era habitada e vivia tranqüila, ela e as outras cidades em volta, quando o Negueb e a Planície eram ainda habitadas?"
8. A palavra de Javé foi dirigida a Zacarias nestes termos:
9. "Assim diz Javé dos exércitos: Façam julgamento verdadeiro, e cada qual trate com amor e compaixão o seu irmão.
10. Não oprimam a viúva e o órfão, o estrangeiro e o pobre; e ninguém fique, em seu coração, tramando o mal contra o seu irmão".
11. Eles, porém, não quiseram prestar atenção, deram-me as costas e endureceram os ouvidos para não ouvir.
12. Endureceram o coração para não ouvir a Lei e as palavras que Javé dos exércitos enviara pelo seu espírito por intermédio dos profetas antigos. Tudo isso fez com que Javé dos exércitos ficasse com grande ira
13. e dissesse: "Como eu chamei e eles não escutaram, agora também eles podem gritar que eu não escutarei.
14. Eu os dispersei por todas as nações que não conheciam, e atrás deles a terra ficou vazia, sem transeunte. Eles transformaram num deserto essa terra deliciosa".

[Zacarias 8]
Zacarias 8

PROMESSAS
1. A palavra de Javé dos exércitos foi dirigida nos seguintes termos:
2. "Assim diz Javé dos exércitos: Tenho muito ciúme de Sião; estou fervendo de ciúmes por sua causa.
3. Assim diz Javé dos exércitos: Voltarei a Sião, habitarei em seu meio, Jerusalém. Jerusalém será chamada Cidade Fiel, e a montanha de Javé dos exércitos terá o nome de Montanha Santa.
4. Assim diz Javé dos exércitos: Velhos e velhas ainda se sentarão nas praças de Jerusalém, todos de bengala na mão por causa da idade.
5. Mas logo as praças da cidade ficarão cheias de meninos e meninas a brincar pelas ruas.
6. Assim diz Javé dos exércitos: Se isso parece impossível aos olhos do resto deste povo, seria impossível também para mim naqueles dias? - oráculo de Javé dos exércitos.
7. Assim diz Javé dos exércitos: Eu estou libertando o meu povo dos países do nascer e do pôr-do-sol;
8. eu vou trazê-los de volta para morar na cidade de Jerusalém. Então eles serão o meu povo e eu serei o Deus deles, na fidelidade e na justiça.
9. Assim diz Javé dos exércitos: Coragem! Vocês que nestes dias ouvem estas palavras da boca dos profetas, no dia em que foram postos os alicerces para a construção do Templo de Javé dos exércitos.
10. Antes desses dias, não havia pagamento nem pelo trabalho do homem nem pelo trabalho do animal; não se podia ir e vir tranqüilamente, por causa do inimigo; eu tinha colocado todos uns contra os outros.
11. Mas agora eu não vou ser para este resto do povo como fui nos tempos antigos - oráculo de Javé dos exércitos
12. porque a semeadura vai ser em paz, a parreira dará o seu fruto, a terra dará o seu produto, o céu dará o seu orvalho. Darei tudo isso como herança ao resto deste povo.
13. Então, da mesma forma como vocês foram maldição entre as nações, casa de Judá e de Israel, agora eu os salvarei, e vocês serão uma bênção. Não tenham medo. Coragem!
14. Assim diz Javé dos exércitos: Da mesma forma como planejei um castigo contra vocês quando seus antepassados me aborreceram - diz Javé dos exércitos e eu não me arrependi,
15. assim também, nesses dias, eu planejarei a felicidade para Jerusalém e para a casa de Judá. Não tenham medo!
16. Vocês praticarão isto: digam a verdade a seu próximo, julguem com integridade nos tribunais de vocês,
17. não tramem o mal contra o seu próximo, não amem o falso testemunho, pois eu odeio todas essas coisas - oráculo de Javé".
18. A palavra de Javé dos exércitos me foi dirigida, dizendo:
19. "Assim diz Javé dos exércitos: Os jejuns do quarto, quinto, sétimo e décimo mês serão para a casa de Judá um contentamento, uma alegria, uma festa muito feliz. Amem a fidelidade e a paz.
20. Assim diz Javé dos exércitos: De novo virão povos e moradores das grandes cidades.
21. Os moradores de uma cidade irão para outra, dizendo: 'Vamos aplacar a Javé; eu vou com você visitar Javé dos exércitos'.
22. Povos numerosos e nações poderosas virão à procura de Javé em Jerusalém, para aplacar a Javé.
23. Assim diz Javé dos exércitos: Nesses dias, dez homens de todas as línguas faladas pelas nações pegarão um judeu pela barra do manto, dizendo: 'Nós queremos ir com vocês, pois ouvimos falar que Deus está com vocês' ".

[Zacarias 9]
II. O POVO DE DEUS DENTRO DA HUMANIDADE

1. O NOVO POVO DE DEUS

Zacarias 9

A MARCHA DA PALAVRA DE JAVÉ
1. Oráculo. A palavra de Javé está na terra de Hadrac, e Damasco é a sua moradia, porque a Javé pertencem a capital da Síria e todas as tribos de Israel;
2. e também Emat, que faz divisa com ela, e (Tiro e) Sidônia, que tem muita sabedoria.
3. Tiro construiu para si uma fortaleza e amontoou prata como areia e ouro como lama na rua.
4. Apesar disso, Javé tomará a cidade, sepultará no mar a sua riqueza, e a cidade será devorada pelo fogo.
5. Ascalon verá e ficará com medo. Gaza também tremerá bastante, e também Acaron, pois a sua confiança foi confundida. O rei de Gaza desaparecerá, e Ascalon ficará sem morador;
6. em Azoto habitará um bastardo; e eu destruirei o orgulho dos filisteus.
7. Tirarei o sangue de sua boca, arrancarei as abominações dentre os seus dentes. E eles também se tornarão um resto para o nosso Deus; e serão uma família em Judá, e Acaron será como um jebuseu.
8. Armarei a minha tenda na linha de frente da minha casa contra aqueles que vão e vêm; o opressor não passará mais sobre eles, pois agora eu estou vendo com os meus próprios olhos.

O MESSIAS JUSTO E POBRE
9. Dance de alegria, cidade de Sião; grite de alegria, cidade de Jerusalém, pois agora o seu rei está chegando, justo e vitorioso. Ele é pobre, vem montado num jumento, num jumentinho, filho de uma jumenta.
10. Ele destruirá os carros de guerra de Efraim e os cavalos de Jerusalém; quebrará o arco de guerra. Anunciará paz a todas as nações, e o seu domínio irá de mar a mar, do rio Eufrates até os confins da terra.

O INSTRUMENTO DE JAVÉ
11. Quanto a você, pelo sangue da sua aliança, libertarei os presos do poço sem água.
12. Prisioneiros cheios de esperança, voltem para a fortaleza, pois hoje lhes anuncio: "Eu retribuirei o dobro a você".
13. Esticarei Judá como um arco, a flecha que eu armo é Efraim; atiro os seus filhos, ó Sião, contra os filhos de Javã. Faço de você uma espada valente.
14. Javé aparecerá lutando contra eles: as flechas dele voarão como raios. O Senhor Javé toca a sua trombeta e avança no vendaval que vem do sul.
15. Quem os protege é Javé dos exércitos. Eles devorarão, pisarão as pedras da funda, beberão o sangue dos inimigos como se fosse vinho; se encherão como as bacias do sacrifício, e ficarão ensopados como os cantos do altar.
16. Nesse dia, Javé, o Deus deles, salvará seu povo como a um rebanho. E eles brilharão em sua própria terra como pedras de uma jóia.
17. Que riqueza, que beleza! O trigo trará vigor para os jovens e o vinho para as jovens.

[Zacarias 10]
Zacarias 10

EMPECILHO PARA A LIBERTAÇÃO
1. Peçam a Javé as chuvas temporãs e tardias, pois Javé envia relâmpagos e chuva forte, dando a erva para cada um no seu campo.
2. Pois os instrumentos de adivinhação dizem coisas vãs, os videntes só enxergam mentiras, contam sonhos fantásticos e dão consolo sem valor: por isso, o povo anda vagando, perdido, como ovelhas sem pastor.

O NOVO ÊXODO
3. Contra os pastores se inflama minha ira, e contra os bodes eu vou mandar o castigo. Javé dos exércitos visitará o seu rebanho, a casa de Judá, e dela vai fazer o seu valente cavalo de guerra.
4. Ela será o seu ponto de apoio, dela vem o gancho que prende a tenda, e o arco de guerra; dela virão os capitães. Juntos,
5. serão como soldados que na batalha pisam a lama das estradas. Lutarão, porque Javé está com eles, mas aqueles que montam cavalos serão confundidos.
6. Darei força à casa de Judá, darei vitória ao povo de José. Eu os reconduzirei, porque tenho compaixão deles. E serão como se eu não os tivesse rejeitado, porque eu sou Javé, o Deus deles, e responderei favoravelmente.
7. Os de Efraim serão como um herói; alegres de coração, como tocados pelo vinho. Seus filhos o verão e ficarão contentes, e o coração deles dançará de alegria em Javé.
8. Com simples assobio, vou reuni-los de novo, pois eu já os resgatei; e eles serão tão numerosos como antes.
9. Vou semeá-los entre as nações, e de longe eles se lembrarão de mim. Instruirão os seus filhos que voltarão depois.
10. Vou trazê-los de volta da terra do Egito, vou ajuntá-los novamente da Assíria; vou levá-los para a terra de Galaad e do Líbano, onde não haverá para eles lugar suficiente.
11. Eles passarão pelo mar estreito (Javé ferirá as ondas do mar), e o leito do rio Nilo ficará seco. Então será derrubado o orgulho da Assíria e será afastado o cetro do Egito.
12. Eu os tornarei heróis em Javé, e em nome dele marcharão - oráculo de Javé.

[Zacarias 11]
Zacarias 11

1. Abra, ó Líbano, as suas portas, para que o fogo devore os seus cedros.
2. Chore, cipreste, porque o cedro caiu e as árvores majestosas foram abatidas. Chorem, carvalhos de Basã, porque a floresta fechada já tombou no chão.
3. Escutem! Os pastores gemem, porque o esplendor deles foi arrasado. Escutem! Os leõezinhos rugem, porque foi abatido o orgulho do Jordão.

2. O NOVO PASTOR DO POVO DE DEUS

OVELHAS E PASTORES
4. Assim diz Javé, o meu Deus: Engorde as ovelhas destinadas para a matança.
5. Aqueles que as compram as matam, e não são punidos; aqueles que as vendem, dizem: "Seja louvado Javé, pois eu fiquei rico". E nenhum pastor fica com pena das ovelhas.
6. Eu também já não perdoarei mais os moradores desta terra - oráculo de Javé. Entregarei os homens uns na mão dos outros e na mão do seu rei. Eles acabarão com o país e eu não livrarei ninguém das mãos deles.
7. Eu me tornei pastor de um rebanho que vai para o matadouro - de fato, os pobres do rebanho - e peguei dois bastões. Dei a um o nome de Favor e a outro chamei de Laços. E continuei sendo pastor do rebanho.
8. Depois, em um mês, destruí três pastores. Perdi a paciência com eles, e eles foram avaros comigo.
9. Então eu disse: "Não serei mais pastor de vocês. Quem estiver para morrer, que morra; quem estiver para sumir, que suma; e os que sobrarem, que se devorem uns aos outros".
10. Depois peguei o bastão chamado Favor e o quebrei, para romper a aliança que eu tinha feito com os povos.
11. A aliança foi rompida nesse dia, e assim os pobres do rebanho, que me serviam atentamente, reconheceram que nisso havia uma palavra de Javé.
12. Então eu disse: "Se estão de acordo, façam o meu pagamento; se não, deixem". Então eles pesaram o dinheiro do meu pagamento: trinta siclos de prata.
13. E Javé me disse: "Envie ao fundidor este preço fabuloso com que fui avaliado por eles". Eu peguei os trinta siclos de prata e os mandei ao fundidor no Templo de Javé.
14. Depois eu peguei o outro bastão, o Laços, e o quebrei também, para acabar com a fraternidade entre Judá e Israel.
15. Javé me disse: Pegue os apetrechos de um pastor insensato,
16. pois eu farei aparecer neste país um pastor que não se preocupa com a ovelha desaparecida nem procura a que se extraviou, não cura a machucada nem sustenta a que está prenhe, come a carne das gordas e arranca até o casco delas.
17. Ai do pastor de coisa nenhuma, que abandona o rebanho! Que a espada lhe fira o braço e fure seu olho direito; que seu braço fique seco de uma vez, e seu olho completamente cego.

[Zacarias 12]
Zacarias 12

A REUNIFICAÇÃO DO POVO
1. Oráculo. Palavra de Javé a respeito de Israel - oráculo de Javé, que estende o céu, firma as bases da terra e forma o espírito dentro do homem:
2. Estou fazendo de Jerusalém uma taça de vertigem, para embriagar todos os povos dos arredores; e no cerco contra Jerusalém acontecerá o mesmo também a Judá.
3. Então, nesse dia, farei de Jerusalém uma pedra forte contra todos os povos. Quem tentar levantá-la, se machucará gravemente. Contra ela se reunirão todas as nações da terra.
4. Nesse dia - oráculo de Javé - farei todo cavalo ficar confuso e enlouquecerei os cavaleiros. Mas voltarei meu olhar para a casa de Judá e cegarei toda a cavalaria dos exércitos dos povos.
5. Então os chefes da casa de Judá pensarão: "A força dos habitantes de Jerusalém está em Javé dos exércitos, o Deus deles".
6. Nesse dia, farei que os chefes de Judá sejam como bacia de fogo em cima da madeira ou como tocha na palha do trigo. Eles devorarão à direita e à esquerda todos os povos dos arredores. Jerusalém habitará novamente em seu lugar, isto é, em Jerusalém.
7. Javé salvará primeiro as tendas de Judá, para que o orgulho da casa de Davi e o orgulho dos habitantes de Jerusalém não sejam maiores do que o orgulho do povo de Judá.
8. Nesse dia, Javé estenderá seu escudo para proteger os moradores de Jerusalém; nesse dia, o mais vacilante entre eles será como Davi; e a casa de Davi será como Deus, como anjo de Javé diante deles.

O PROCESSO DE PURIFICAÇÃO
9. Nesse dia, procurarei destruir todas as nações que vierem lutar contra Jerusalém.
10. Derramarei um espírito de graça e súplica sobre a casa de Davi e sobre os moradores de Jerusalém, e eles olharão para mim. Quanto àquele que transpassaram, chorarão por ele como se chora pelo filho único; vão chorá-lo amargamente, como se chora por um primogênito.
11. Nesse dia, a lamentação de Jerusalém será tão grande como a lamentação de Adad-Remon na planície de Meguidon.
12. O país inteiro vai chorar, cada clã em separado. Assim: o clã da casa de Davi em separado, e em separado as mulheres deles; o clã da casa de Natã em separado, e em separado as mulheres deles;
13. o clã da casa de Levi em separado, e em separado as mulheres deles; o clã da casa de Semei em separado, e em separado as mulheres deles;
14. todos os outros clãs separadamente, e as mulheres deles em separado.

[Zacarias 13]
Zacarias 13

1. Nesse dia, estará à disposição da casa de Davi e dos habitantes de Jerusalém uma fonte para lavar o pecado e a impureza.

ELIMINAÇÃO DOS ÍDOLOS
2. Nesse dia - oráculo de Javé dos exércitos - cortarei do país o nome dos ídolos, para que nunca mais sejam lembrados. Também expulsarei do país os profetas e o espírito de impureza.
3. Se alguém profetizar novamente, o pai e a mãe que geraram esse indivíduo vão dizer-lhe: "Você não ficará vivo, porque falou mentiras em nome de Javé". O pai e a mãe que o geraram o transpassarão, enquanto estiver profetizando.
4. Nesse dia, os profetas ficarão com vergonha das próprias visões e de suas profecias, e não vestirão mais o manto de pêlo para contar mentiras.
5. Dirão: "Eu não sou profeta; sou um trabalhador da terra, pois esta terra pertence a mim desde a juventude".
6. E se lhe perguntarem: "E o que são esses machucados em seu peito?" ele responderá: "Eu me machuquei na casa de meus amigos!"

UM PROCESSO DOLOROSO
7. Espada, desperte contra o meu pastor e contra o homem da minha parentela - oráculo de Javé dos exércitos. Fira o pastor, para que as ovelhas se dispersem, pois vou virar a minha mão contra os pequenos.
8. E acontecerá em toda a terra - oráculo de Javé que dois terços serão eliminados e somente um terço restará.
9. Farei essa terça parte passar pelo fogo, para apurá-la como se apura a prata, para prová-la como se prova o ouro. Ela invocará o meu nome e eu responderei. Eu direi: "Ela é o meu povo!" E ela responderá: "Javé é o meu Deus!"

[Zacarias 14]
Zacarias 14
3. O COMBATE FINAL E A NOVA JERUSALÉM
1. Eis que um dia virá para Javé, quando no meio de vocês serão repartidos os seus despojos.
2. Eu reunirei todas as nações para uma guerra contra Jerusalém. A cidade será tomada pelo inimigo; as casas serão saqueadas; as mulheres, violentadas; a metade da cidade irá para o exílio, e apenas um resto do povo não será retirado da cidade.
3. Então Javé sairá para guerrear contra essas nações, como quando combate no dia da batalha.
4. Nesse dia, os pés dele estarão no monte das Oliveiras, que fica em frente a Jerusalém, do lado do nascente. O monte das Oliveiras vai rachar-se ao meio, formando um vale enorme no sentido do nascente para o poente. Metade do monte se desviará para o norte e a outra metade para o sul.
5. Os vales de minhas montanhas serão enchidos, e os vales das montanhas serão fechados até Jasol; ele será enchido como por ocasião daquele terremoto no tempo de Ozias, rei de Judá. Então virá Javé meu Deus e todos os santos com ele.
6. Nesse dia, não haverá mais luz, nem frio nem gelo.
7. Será um dia único (Javé o conhece). Não haverá mais dia e noite, mas ao entardecer a luz brilhará.
8. Nesse dia, águas vivas sairão de Jerusalém. Metade correrá para o mar do lado nascente e metade para o mar do lado poente, tanto no verão como no inverno.
9. Então Javé será o rei de toda a terra. Nesse dia, Javé será único, e único será o seu nome.
10. Todo o país se transformará numa planície, desde Gaba até Remon do Negueb. Jerusalém permanecerá elevada e será habitada no seu próprio lugar, desde a porta de Benjamim até o lugar da antiga porta, até a porta dos ângulos, desde a torre de Hananeel até os tanques reais para produção de vinho.
11. É aí mesmo que eles vão morar, e a cidade nunca mais será condenada à destruição; e assim, quem morar em Jerusalém estará sempre em segurança.
12. Esta será a praga que Javé mandará contra os povos que combateram contra Jerusalém: enquanto estiverem vivos, Javé fará apodrecer a carne deles; seus olhos também apodrecerão dentro das órbitas e a língua ficará podre dentro da boca.
15. E essa mesma praga atingirá também os cavalos, potros, camelos, mulas e outros animais que estiverem no acampamento deles.
13. Nesse dia, os inimigos serão tomados por uma grande confusão provocada por Javé. Cada um vai segurar a mão do outro e a mão de um se levantará contra a mão do outro.
14. Judá, porém, lutará em Jerusalém. Os tesouros de todas as nações serão ajuntados ao redor: ouro, prata, roupas finas, tudo em grande quantidade.
16. O que sobrar dessas nações, que um dia marcharam contra Jerusalém, deverá ir a ela todo ano para adorar o Rei, Javé dos exércitos, e celebrar a festa das Tendas.
17. Qualquer uma das famílias da terra que não fizer romaria a Jerusalém para adorar o Rei, Javé dos exércitos, ficará sem chuva.
18. Por exemplo: se a família do Egito não quiser sair de casa para vir, cairá sobre eles a praga com que Javé vai ferir as nações que não subirem para celebrar a festa das Tendas.
19. Tal será o castigo para o pecado do Egito e o castigo para todas as nações que não subirem para celebrar a festa das Tendas.
20. Nesse dia, até nos chocalhos dos cavalos estará escrito: "Consagrado a Javé". As panelas do Templo de Javé serão como vasos de aspersão.
21. Mais ainda: as panelas em Jerusalém ou em Judá serão consagradas a Javé dos exércitos; todos os que oferecerem sacrifício virão pegá-las e usá-las para cozinhar. Nesse dia não haverá mais comerciantes dentro do Templo de Javé dos exércitos.

Send this page to a friend

St. Takla Church - Main IndexIndex of Antigo Testamento - BÍBLIA ON-LINE - Portuguese Bible (Brazil)

Like & share St-Takla.org

_


© Saint Takla Haymanout Website: Coptic Orhtodox Church - Alexandria, Egypt / URL: http://St-Takla.org / Contact us at

http://st-takla.org/Bibles/Portuguese-Bible/01-Antigo-Testamento/43-zacarias.html