All Coptic Links - Coptic Directory - Orthodox Church Directory The Agbeya - The Coptic Book of Prayers (English Agbiya + Arabic Agpeya) English Bible + Holy Bible in other languages - Arabic, French, Ethiopian Amharic Holy Bible, ArabicBible, Enjeel Saint Takla dot org - Main page - English Photo and Image Gallery: Jesus - Mary - Saints - St. Takla - Church - Priests - Bible - Activities - pictures and Icons.. Download and listen to Hymns - Carols - Midnight Praise (Tasbeha) - Midis - Videos - Liturgies - Masses - Sermons - Online Streaming St-Takla.org   Coptic Church Website Logo of Saint Takla Haymanot the Ethiopian Website - Alexandria - Egypt - موقع الأنبا تكلا هيمانوت FAQ - Frequently Asked Questions and Answers - Coptic and Christan Q&A - Faith, Creed, Site, Youth, Family, Holy Bible Contact Us - Address - Map - Online Support Send a free Christian and Coptic Greeting Cards to your friends موقع الكنيسة القبطية باللغة العربية - الموقع العربي StTaklaorg Site News and Updates Downloads.. Winamp Skins - Coptic fonts - Agbeya - Software - Freeware - Icons - Gallery - Mp3s Feedback - Submit URL - ideas - Suggestions.. Kids' Corner - Coloring - Songs - Games - Stories Free Coptic Books - Christian Arabic Books, Orthodox English Books  

Portuguese Bible - BÍBLIA ON-LINE - Antigo Testamento

Habacuque

 

[Habacuque 1]Habacuc 1

TÍTULO
1. Oráculo que o profeta Habacuc recebeu em visão.

I. O PROFETA DEBATE COM DEUS

DEUS NÃO VÊ A INJUSTIÇA?
2. Até quando, Javé, vou pedir socorro, sem que me escutes? Até quando clamarei a ti: "Violência!" sem que tu me tragas a salvação?
3. Por que me fazes ver o crime e contemplar a injustiça? Opressão e violência estão à minha frente; surgem processos e levantam-se rixas.
4. Por isso, a lei perde a força e o direito nunca aparece. O ímpio cerca o justo e o direito aparece distorcido.

UMA RESPOSTA QUE NÃO SATISFAZ
5. Olhem as nações, observem bem! Vocês ficarão admirados e espantados, pois ainda nestes dias eu vou fazer uma coisa que, se alguém contasse, vocês não iriam acreditar.
6. Farei com que se levantem os caldeus, povo cruel e impetuoso que percorre a terra inteira, tomando posse de casas que nunca foram deles.
7. Ele é terrível e temível; com sua sentença, ele impõe seu direito e vontade.
8. Seus cavalos são mais velozes que panteras, mais ariscos que lobos do deserto. Seus cavalos vêm a galope, os cavaleiros apontam lá longe, voando como águia que mergulha sobre a sua presa.
9. Eles avançam todos para fazer violência, rosto em frente, amontoando prisioneiros como areia.
10. Ele caçoa dos reis, zomba dos chefes, ri das fortalezas, porque faz um aterro e as toma de assalto.
11. Depois, respira e continua; sua força é o seu deus.

O ÍMPIO CONTINUA DEVORANDO O JUSTO
12. Não és tu, Javé, desde o princípio, o meu Deus, o meu Santo, aquele que não morre? Javé, tu o escolheste para exercer o direito; ó Rocha, tu o constituíste para castigar.
13. Teus olhos são puros demais para ver o mal; tu não podes contemplar a injustiça. Então, por que ficas olhando os traidores e te calas quando um ímpio devora alguém mais justo do que ele?
14. Tratas os homens como peixes do mar ou como répteis que não têm chefe?
15. Ele pesca a todos com anzol, apanha-os na sua rede, recolhe-os no samburá, e ri satisfeito.
16. Por isso, oferece um sacrifício à sua rede, incensa o samburá, pois fez com eles uma gorda pescaria e o alimento veio com fartura.
17. E então, ele vai ficar esvaziando sua rede sem parar, massacrando as nações sem dó nem piedade?

[Habacuc 2]
Habacuc 2

A RESPOSTA DEFINITIVA
1. Vou ficar de guarda, em pé sobre a muralha; vou ficar espiando para perceber o que Javé vai me falar, para ver como vai responder à queixa que eu fiz.
2. Então Javé me respondeu: "Escreva esta visão, grave com clareza em tabuinhas, para que se possa ler facilmente.
3. É uma visão sobre um tempo determinado, fala de um prazo e não vai decepcionar. Se demorar, espere-a, pois certamente ela virá e não atrasará.
4. Quem não é correto vai morrer, enquanto o justo viverá por sua fidelidade".

II. MALDIÇÕES CONTRA O OPRESSOR

O TIRANO DEVORADOR
5. Na verdade, o vinho é falso: o homem arrogante não pára em pé, ele que escancara a garganta como o túmulo, como a morte que nunca se sacia. Ajunta para si todas as nações e se apossa de todos os povos.
6. Por acaso, eles todos não caçoarão dele, dizendo piadas contra ele?

O OPRIMIDO CONTRA O OPRESSOR Vão dizer assim: Ai daquele que acumula o que não é seu e se carrega de penhores.
7. Não se levantarão, de repente, os seus credores e seus cobradores não acordarão, para transformar você em presa deles?
8. Já que você saqueou numerosas nações, o que resta dos povos saqueará você, por causa do sangue humano derramado, da violência feita ao país, à cidade e aos seus moradores.

ATÉ AS PEDRAS GRITARÃO
9. Ai de quem ajunta dinheiro injusto em sua casa, para colocar bem alto o seu ninho, tentando fugir das garras da desgraça!
10. Você decretou a vergonha para a sua casa; destruindo muitas nações, você fez o mal contra si mesmo.
11. Pois agora, a pedra da parede gritará e as vigas do telhado responderão.

TANTO ESFORÇO EM VÃO
12. Ai de quem constrói com sangue uma cidade, e com o crime funda uma capital!
13. Não provém de Javé dos exércitos que os povos trabalhem para o fogo e que as nações se afadiguem inutilmente?
14. Pois a terra inteira estará repleta do conhecimento da glória de Javé, tal como as águas enchem o mar.

QUEM HUMILHA SERÁ HUMILHADO
15. Ai daquele que embriaga seu próximo, misturando drogas no copo, para lhe contemplar a nudez!
16. Você ficou saciado de vergonha, e não de glória. Beba também você e mostre a sua incircuncisão. A taça que está na mão direita de Javé será derramada sobre você, e em você a vergonha há de superar a glória.
17. A matança que você praticou no Líbano vai cobrir você mesmo, a mortandade dos animais o encherá de pavor. Tudo por causa do sangue humano derramado, da violência feita ao país, à cidade e aos seus moradores.

A DEGRADAÇÃO MÁXIMA
19. Ai de quem fala a um pedaço de madeira: 'Acorde!' E à pedra muda: 'Desperte!' Pode o ídolo ensinar? Veja! Está coberto de ouro e prata, mas dentro dele não há nenhum sopro de vida.
18. De que serve um ídolo, para que um artista se dê ao trabalho de fazê-lo? De que serve uma imagem, um mestre de mentiras, para que o artista nela confie e continue fabricando ídolos mudos?
20. Javé, porém, mora no seu santo Templo: que a terra inteira fique em silêncio diante dele!

[Habacuc 3]
III. CONFIANÇA NA INTERVENÇÃO DE JAVÉ

Habacuc 3

MANIFESTA-TE, JAVÉ
1. Oração do profeta Habacuc, em tom de lamentação.
2. Javé, ouvi falar da tua fama; aprendi a respeitar tuas obras, Javé. Ao correr dos anos, faze-as reviver; manifesta-as no curso dos anos. Na ira, lembra-te de ter compaixão.

COMO NO ÊXODO
3. Deus vem lá de Temã, o Santo vem do monte Farã. A majestade dele cobre o céu, e a terra se enche com o seu louvor.
4. Seu brilho é como o sol, e sua mão cintila, escondendo o seu poder.
5. À frente dele vai a peste, e a epidemia segue seu rastro.
6. Ele pára, e a terra treme; ele olha, e as nações estremecem. As montanhas eternas desmoronam e as colinas antigas se prostram: sempre foi assim o seu caminho.
7. Vejo as tendas de Cusã apavoradas, e agitadas as tendas de Madiã.

JAVÉ, LIBERTA O TEU POVO!
8. É contra os rios, Javé, é contra os rios que tua ira se inflama? É contra o mar que arde o teu furor, quando montas em teus cavalos e sobes em teus carros vitoriosos?
9. Levantas o teu arco e carregas de flechas a sua corda; rasgas a terra com torrentes.
10. Ao ver-te, as montanhas estremecem; uma tromba d'água passa. O mar profundo estronda, levantando seus braços para o alto.
11. O sol e a lua ficam em casa, ante o faiscar de tuas flechas que cruzam, ao clarão do relâmpago de tua lança.
12. Caminhas furioso pela terra, com ira esmagas as nações.
13. Tu sais para salvar o teu povo, para libertar o teu ungido. Destróis desde o telhado a casa do ímpio, descobres seus alicerces até à rocha.
14. Com teus dardos atravessas o chefe, e suas tropas se dispersam, quando estavam para devorar uma vítima às escondidas.
15. Pisas o mar com teus cavalos, fazendo ferver as águas imensas.

NÓS CONFIAMOS EM TI!
16. Eu escutei. Minhas entranhas tremeram; ao ouvi-lo, meus lábios estremeceram, um calafrio entrou-me pelos ossos e minhas pernas vacilaram. Eu gemo pelo dia de angústia que há de vir para esse povo que nos oprime.
17. Ainda que a figueira não brote e não haja fruto na parreira; ainda que a oliveira negue seu fruto e o campo não produza colheita; ainda que as ovelhas desapareçam do curral e não haja gado nos estábulos
18. eu me alegrarei em Javé e exultarei em Deus, meu salvador.
19. Meu Senhor Javé é a minha força, ele me dá pés de gazela e me faz caminhar pelas alturas.

Send this page to a friend

St. Takla Church - Main IndexIndex of Antigo Testamento - BÍBLIA ON-LINE - Portuguese Bible (Brazil)

Like & share St-Takla.org

_


© Saint Takla Haymanout Website: Coptic Orhtodox Church - Alexandria, Egypt / URL: http://St-Takla.org / Contact us at

http://st-takla.org/Bibles/Portuguese-Bible/01-Antigo-Testamento/40-habacuque.html