All Coptic Links - Coptic Directory - Orthodox Church Directory The Agbeya - The Coptic Book of Prayers (English Agbiya + Arabic Agpeya) English Bible + Holy Bible in other languages - Arabic, French, Ethiopian Amharic Holy Bible, ArabicBible, Enjeel Saint Takla dot org - Main page - English Photo and Image Gallery: Jesus - Mary - Saints - St. Takla - Church - Priests - Bible - Activities - pictures and Icons.. Download and listen to Hymns - Carols - Midnight Praise (Tasbeha) - Midis - Videos - Liturgies - Masses - Sermons - Online Streaming St-Takla.org   Coptic Church Website Logo of Saint Takla Haymanot the Ethiopian Website - Alexandria - Egypt - موقع الأنبا تكلا هيمانوت FAQ - Frequently Asked Questions and Answers - Coptic and Christan Q&A - Faith, Creed, Site, Youth, Family, Holy Bible Contact Us - Address - Map - Online Support Send a free Christian and Coptic Greeting Cards to your friends موقع الكنيسة القبطية باللغة العربية - الموقع العربي StTaklaorg Site News and Updates Downloads.. Winamp Skins - Coptic fonts - Agbeya - Software - Freeware - Icons - Gallery - Mp3s Feedback - Submit URL - ideas - Suggestions.. Kids' Corner - Coloring - Songs - Games - Stories Free Coptic Books - Christian Arabic Books, Orthodox English Books  

Portuguese Bible - BÍBLIA ON-LINE - Antigo Testamento

Deuteronômio

 

[Deuteronômio 1]I. PRIMEIRO DISCURSO DE MOISÉS: REVER O PASSADO EM VISTA DO FUTURO

Deuteronômio 1

UM LIVRO PARA SER INCULCADO
1. Palavra que Moisés dirigiu a todo o Israel, no outro lado do Jordão, isto é, no deserto ou na Arabá que está na frente de Suf, entre Farã, Tofel, Labã, Haserot e Dizaab.
2. São onze dias de marcha pelo caminho da serra de Seir, desde o Horeb até Cades Barne.
3. No primeiro dia do décimo primeiro mês do ano quarenta, Moisés falou aos filhos de Israel, conforme tudo o que Javé lhe ordenara.
4. Depois de ter vencido Seon, rei dos amorreus, que habitava em Hesebon, e Og, rei de Basã, que habitava em Astarot e Edrai,
5. no outro lado do Jordão, na terra de Moab, Moisés começou a inculcar esta lei, dizendo:

TERRA PROMETIDA, LUGAR DE JUSTIÇA
6. Javé nosso Deus falou-nos no Horeb: "Chega de ficar nesta montanha.
7. Comecem a caminhar e vão até a serra dos amorreus e até junto daqueles que habitam na Arabá, na região montanhosa, na Sefelá, no Negueb e no litoral. Vão para a terra dos cananeus e para o Líbano, até o grande rio, o Eufrates.
8. Essa é a terra que eu dei a vocês. Entrem para tomar posse da terra que Javé prometeu dar aos antepassados de vocês, a Abraão, Isaac e Jacó, e depois para a descendência deles".
9. Naquele tempo, eu falei a vocês: "Eu sozinho não consigo carregar vocês.
10. Javé seu Deus os multiplicou, e hoje vocês são numerosos como as estrelas do céu.
11. Que Javé, o Deus dos antepassados de vocês, os multiplique mil vezes mais, abençoando-os como lhes prometeu.
12. Como poderia eu, sozinho, carregar o peso, a carga e os processos de vocês?
13. Escolham homens sábios, inteligentes e competentes de cada uma das tribos, e eu os constituirei chefes de vocês".
14. Vocês me responderam: "O que você está propondo é bom".
15. Tomei, então, os chefes das tribos de vocês, homens sábios e competentes, e os constituí seus chefes: para cada tribo constituí chefes de mil, de cem, de cinqüenta e de dez, e também oficiais de justiça para as tribos.
16. Ao mesmo tempo, ordenei aos juízes de vocês: "Escutem seus irmãos para fazer justiça entre um homem e seu irmão ou imigrante que mora com ele.
17. Não façam acepção de pessoas no julgamento: escutem de maneira igual o pequeno e o grande. Não tenham medo de ninguém, porque a sentença vem de Deus. Se a causa for muito difícil para vocês, tragam para mim, e eu a resolverei".
18. Naquela ocasião eu ordenei tudo o que vocês deveriam fazer.

JAVÉ CAMINHA NA FRENTE DO SEU POVO
19. Partimos do Horeb e caminhamos através de todo aquele deserto grande e terrível, que vocês bem conhecem. Fomos em direção à serra dos amorreus, como Javé nosso Deus nos havia ordenado, e chegamos a Cades Barne.
20. Então eu lhes disse: "Vocês chegaram à serra dos amorreus, que Javé nosso Deus nos dará.
21. Veja! Javé seu Deus entrega a você esta terra: suba para possuí-la, como lhe falou Javé, Deus de seus antepassados. Não tenha medo nem se acovarde".
22. Mas vocês vieram todos a mim e disseram: "Vamos mandar homens à nossa frente, para que explorem a região por nós e nos informem qual é o caminho que deveremos subir e em que cidade poderemos entrar".
23. Gostei da proposta, de modo que tomei doze homens de vocês, um de cada tribo.
24. Eles partiram, subiram a serra, foram até o vale do Cacho e o exploraram.
25. Pegaram amostras de frutas da região e as trouxeram para nós, relatando o seguinte: "A terra que Javé nosso Deus nos vai dar é boa".
26. Vocês, porém, não quiseram subir, e se revoltaram contra a ordem de Javé seu Deus.
27. Vocês começaram a murmurar em suas tendas: "Javé nos odeia. Ele nos fez sair do Egito para nos entregar na mão dos amorreus e nos exterminar.
28. Para onde vamos subir? Nossos irmãos nos desencorajaram dizendo: 'É um povo numeroso e de estatura mais alta do que a nossa! As cidades são grandes e fortificadas até o céu! E ali nós vimos também descendentes dos enacim' ".
29. Eu lhes dizia: "Não fiquem aterrorizados nem tenham medo deles.
30. Javé seu Deus irá na frente de vocês. Ele combaterá em favor de vocês, como já fez no Egito diante dos seus olhos".
31. No deserto, você viu também que Javé seu Deus o carregou, como o homem carrega seu filho, durante todo o caminho que vocês percorreram, até chegar a este lugar.
32. Apesar disso, ninguém de vocês confiava em Javé seu Deus.
33. Ele ia na frente de vocês, procurando um lugar para o acampamento: durante a noite, por meio do fogo, para que vocês pudessem enxergar o caminho, e na nuvem durante o dia.

NÃO ADIANTA LUTAR SEM JAVÉ
34. Ouvindo o que vocês falavam, Javé ficou furioso e jurou:
35. "Nenhum dos homens desta geração perversa verá a terra boa que eu jurei dar aos antepassados de vocês,
36. exceto Caleb, filho de Jefoné. Ele a verá, pois eu vou dar-lhe a terra por onde ele passou, e também a seus filhos, pois ele seguiu a Javé sem reservas".
37. Por causa de vocês Javé também ficou furioso contra mim, e disse: "Você também não entrará lá.
38. É Josué, filho de Nun, quem lá entrará. Encoraje-o, pois é ele quem fará Israel tomar posse da terra.
39. As crianças de vocês, porém, das quais vocês diziam que seriam tomadas como presa, os filhos de vocês que ainda não sabem distinguir entre o bem e o mal, são eles que vão entrar lá. Eu lhes entregarei a terra, e eles a possuirão.
40. Quanto a vocês, meia volta! Sigam para o deserto, em direção ao mar Vermelho".
41. Vocês, porém, me responderam: "Pecamos contra Javé nosso Deus. Vamos subir para lutar, como Javé nosso Deus nos ordenou". Cada um de vocês pegou em armas de guerra, como se fosse coisa fácil subir a serra.
42. Então Javé me disse: "Diga-lhes que não subam nem lutem, porque eu não estou com eles, e o inimigo os derrotará".
43. Eu os avisei, mas vocês não me ouviram, revoltando-se contra a ordem de Javé. E subiram temerariamente em direção à serra.
44. O povo amorreu, que habitava a serra, saiu ao encontro de vocês, perseguiu vocês como abelhas, e os derrotou desde Seir até Horma.
45. Vocês voltaram chorando até a presença de Javé. No entanto, Javé não ouviu o clamor de vocês, nem lhes deu atenção.
46. Por isso vocês tiveram que ficar muito tempo vivendo em Cades.

[Deuteronômio 2]
Deuteronômio 2

RESPEITAR AS NAÇÕES IRMÃS
1. Então nós demos a volta e partimos para o deserto a caminho do mar Vermelho, como Javé me havia ordenado. Durante muitos dias, contornamos a serra de Seir.
2. Então Javé me disse:
3. "Vocês já rodearam bastante essa região montanhosa. Dirijam-se para o norte.
4. Ordene ao povo: 'Vocês estão passando pela fronteira de seus irmãos, os filhos de Esaú, que habitam em Seir. Eles têm medo de vocês e, por isso, tenham muito cuidado:
5. não os ataquem, porque nada eu darei da terra deles para vocês, nem sequer um palmo do seu território: foi a Esaú que eu dei a propriedade da serra de Seir'.
6. Vocês comprarão deles alimento para comer e água para beber,
7. porque Javé seu Deus abençoou você em todo o trabalho de sua mão. Ele acompanhou você na caminhada por esse grande deserto. Durante quarenta anos Javé seu Deus esteve com você, e a você nada faltou".
8. Cruzamos o território de nossos irmãos, os filhos de Esaú, que habitam em Seir, e passamos pelo caminho da Arabá, de Elat e de Asiongaber. Depois voltamos, tomando o caminho do deserto de Moab.
9. Javé, então, me disse: "Não ataque Moab e não o provoque para a luta, pois nada eu darei a você do território dele. Eu dei Ar como propriedade aos filhos de Ló.
10. Antigamente os emim habitavam aí; eram um povo grande, numeroso e de alta estatura, como os enacim.
11. Eram considerados como os rafaim, e como os enacim; os moabitas, porém, os chamam de emim.
12. Em Seir habitavam outrora os horreus; os filhos de Esaú, porém, os desalojaram e exterminaram, habitando no lugar deles, assim como Israel fez para tomar posse da terra que Javé lhe havia dado.
13. Agora levantem acampamento, e atravessem o rio Zared". Atravessamos, então, o rio Zared.
14. De Cades Barne até atravessar o rio Zared, caminhamos durante trinta e oito anos, até que desapareceu do acampamento toda a geração de guerreiros, como Javé lhes tinha jurado.
15. A mão de Javé estava contra eles, fazendo-os desaparecer do acampamento até sua completa extinção.
16. Quando morreram todos os guerreiros do povo,
17. Javé me falou:
18. "Hoje você estará atravessando Ar, nas fronteiras de Moab,
19. e vai se aproximar dos filhos de Amon: não os ataque e não os provoque, pois nada eu darei da terra dos filhos de Amon como posse a você. Foi aos filhos de Ló que eu a dei como propriedade.
20. Era considerada terra dos rafaim; antigamente os rafaim habitavam nela, sendo que os amonitas os chamavam de zomzomim.
21. Este era um povo grande e numeroso, de estatura alta como os enacim. Javé, porém, os aniquilou, e os amonitas os desalojaram para habitar no lugar deles.
22. Javé tinha feito o mesmo para os filhos de Esaú, que habitavam em Seir, exterminando os horreus da frente deles, que os desalojaram e habitam em seu lugar até hoje.
23. Quanto aos aveus, que habitavam nos campos até Gaza, os caftorim saíram de Cáftor e os exterminaram, habitando depois em seu lugar.
24. Vamos! Levantem acampamento e atravessem o rio Arnon. Vou entregar em sua mão o amorreu Seon, rei de Hesebon, com a terra dele. Comece a conquista, provoque-o para a luta.
25. A partir de hoje eu começo a espalhar o terror e o medo de você entre os povos que existem debaixo do céu. Eles ouvirão a fama de vocês, tremerão de medo diante de vocês e desfalecerão".

PRIMEIRA VITÓRIA
26. Do deserto de Cademot enviei mensageiros a Seon, rei de Hesebon, com esta proposta de paz:
27. "Deixe-me passar por seu território. Seguirei pela estrada sem me desviar para a direita nem para a esquerda.
28. Pagaremos a você a comida que nos der e a água que bebermos. Deixe-nos atravessar a pé,
29. como nos fizeram os descendentes de Esaú que habitam em Seir, e os moabitas que habitam em Ar, até que atravessemos o rio Jordão para entrar na terra que Javé nosso Deus vai nos dar".
30. Seon, rei de Hesebon, não permitiu que passássemos pelo seu território. Javé Deus tornou obstinado o espírito dele e endureceu-lhe o coração, para o entregar em poder de vocês, como hoje se vê.
31. Javé me disse: "Veja! Estou começando a entregar Seon com seu território a você. Comece a conquistar o território dele".
32. Seon veio ao nosso encontro em Jasa, com todas as suas tropas.
33. Javé nosso Deus o entregou a nós, e nós o vencemos, e também os seus filhos e todo o seu exército.
34. Tomamos posse de todas as suas cidades e sacrificamos cada uma delas, como anátema: homens, mulheres e crianças, sem deixar nenhum sobrevivente.
35. Pegamos apenas o gado como despojo, e também o saque das cidades que conquistamos.
36. Desde Aroer, que está à margem do vale do Arnon, com a cidade que está dentro do vale, até Galaad, e diante de nós não houve cidade que resistisse: Javé nosso Deus entregou todas elas para nós.
37. Você só não se aproximou da terra dos amonitas, isto é, de toda a região do vale do rio Jaboc, e das cidades da serra, como Javé nosso Deus havia ordenado.

[Deuteronômio 3]
Deuteronômio 3

SEGUNDA VITÓRIA
1. Então nos voltamos e subimos em direção a Basã. Og, rei de Basã, saiu ao nosso encontro com seu exército para nos guerrear em Edrai.
2. Javé me disse: "Não tenha medo dele, pois a você eu o entreguei com todo o seu exército e território. Trate-o como você tratou a Seon, o rei dos amorreus que habitava em Hesebon".
3. Javé nosso Deus nos entregou também Og, rei de Basã, com todo o seu exército. Nós os combatemos, até que não restou nenhum sobrevivente.
4. Conquistamos, então, todas as suas cidades, sem deixar nenhuma: ao todo, sessenta cidades na região de Argob, que era o reino de Og, em Basã.
5. Todas essas cidades eram fortificadas com altas muralhas e portas com trancas; sem contar grande número de cidades dos ferezeus.
6. Nós as sacrificamos como anátema, assim como havíamos feito com Seon, rei de Hesebon: destruímos cada cidade, com homens, mulheres e crianças.
7. Contudo, tomamos para nós todo o gado e os despojos das cidades.
8. Desse modo, conquistamos o território dos dois reis amorreus, no outro lado do Jordão, desde o rio Arnon até o monte Hermon.
9. (Os sidônios chamam o Hermon de Sarion; os amorreus, porém, o chamam de Sanir).
10. Tomamos todas as cidades do planalto, todo o Galaad e todo o Basã até Selca e Edrai, domínios de Og, rei de Basã.
11. Og, rei de Basã, era o único sobrevivente dos rafaim. Sua cama é a cama de ferro que está em Rabá dos amonitas: tem quatro metros e meio de comprimento e dois metros de largura, segundo o padrão normal.

SOLIDARIEDADE NA LUTA PELA TERRA
12. Ocupamos, então, todo o território desde Aroer, que está à margem do rio Arnon. Aos rubenitas e aos gaditas dei a metade da região montanhosa de Galaad, com suas cidades.
13. Para a meia tribo de Manassés dei o resto de Galaad e todo o Basã, que era o reino de Og. (Toda a região do Argob, todo o Basã se chamava terra dos rafaim.
14. Jair, filho de Manassés, tomou a região de Argob, até a fronteira dos gessuritas e dos maacatitas. Em vez de Basã, foi dado a esses lugares o nome de Aldeias de Jair, nome que permanece até o dia de hoje).
15. A Maquir dei Galaad.
16. Aos rubenitas e aos gaditas dei o território que vai de Galaad até o rio Arnon - o meio do rio serve de fronteira - e até o rio Jaboc, que é fronteira dos amonitas.
17. A Arabá e o rio Jordão servem de fronteira, desde Quineret até ao mar da Arabá, o mar Morto, nas encostas orientais do Fasga.
18. Então eu dei a vocês esta instrução: "Javé seu Deus entregou-lhes esta terra como propriedade. Todos os guerreiros de vocês marcharão à frente de seus irmãos, os filhos de Israel.
19. Somente as mulheres, as crianças e o gado (sei que vocês têm muito gado) ficarão nas cidades que lhes dei,
20. até que Javé conceda repouso a seus irmãos, assim como deu a vocês, e também eles tomem posse da terra que Javé vai lhes dar no outro lado do Jordão. Depois cada um voltará para a propriedade que lhes dei".
21. Na mesma ocasião, dei a Josué a seguinte instrução: "Você viu com os próprios olhos tudo o que Javé nosso Deus fez a esses dois reis. Javé vai fazer o mesmo com todos os reinos onde você entrar.
22. Não tenha medo deles, pois quem combate em favor de vocês é Javé, o seu Deus".

O LÍDER É SOLIDÁRIO COM O POVO
23. Então eu implorei a Javé:
24. "Javé, meu Senhor! Começaste a mostrar ao teu servo tua grandeza e a força de tua mão. Qual é o deus, no céu e na terra, que pode realizar obras e feitos tão poderosos como os teus?
25. Deixa-me passar. Deixa-me ver a boa terra que está do outro lado do Jordão, essa boa serra e o Líbano".
26. Javé, porém, estava irritado comigo por causa de vocês, e não me atendeu. Ele apenas me disse: "Chega! Não me fale mais nada sobre isso.
27. Suba até o alto do Fasga, levante seus olhos para o oeste, para o norte, para o sul e para o leste, e contemple com seus próprios olhos, porque você não atravessará o Jordão.
28. Dê instruções a Josué. Encoraje-o, fortifique-o, pois é ele quem vai atravessar à frente deste povo, fazendo-o tomar posse da terra que você está contemplando".
29. Então permanecemos no vale, diante de Bet-Fegor.

[Deuteronômio 4]
Deuteronômio 4

FIDELIDADE A JAVÉ PARA UMA VIDA NOVA
1. Agora, Israel, ouça os estatutos e normas que eu hoje lhes ensino a praticar, a fim de que vocês vivam e entrem para possuir a terra que Javé, o Deus de seus antepassados, vai dar a vocês.
2. Não acrescentem nada ao que eu lhes ordeno, nem retirem coisa nenhuma. Observem os mandamentos de Javé seu Deus do modo como eu lhes ordeno.
3. Vocês viram com os próprios olhos o que Javé fez em Baal-Fegor: Javé seu Deus exterminou do seu meio todos os que seguiram o Baal de Fegor.
4. Vocês, porém, permaneceram apegados a Javé seu Deus, e por isso hoje estão todos vivos.
5. Vejam! Estou lhes ensinando estatutos e normas, como Javé meu Deus me ordenou, para que vocês os coloquem em prática na terra onde estão agora entrando, a fim de tomarem posse dela.
6. Portanto, coloquem tudo em prática, pois isso tornará vocês sábios e inteligentes diante dos povos. Ao ouvirem todos esses estatutos, os povos comentarão: "Que povo é tão sábio e inteligente como essa grande nação?"
7. De fato, que grande nação tem um Deus tão próximo, como Javé nosso Deus, todas as vezes que o invocamos?
8. Que grande nação tem estatutos e normas tão justas como toda esta lei que eu lhes proponho hoje?

DEUS NÃO PODE SER REPRESENTADO
9. Apenas tenha cuidado! Preste muita atenção em sua vida para não se esquecer dos acontecimentos que seus olhos viram e que eles nunca se apartem de sua memória, nenhum dia da sua vida. Ensine-os a seus filhos e a seus netos.
10. No dia em que você estava diante de Javé seu Deus no Horeb, Javé me disse: "Reúna o povo junto a mim, para que eu os faça ouvir minhas palavras e aprendam a me temer enquanto viverem sobre a terra, e as ensinem a seus filhos".
11. Vocês se aproximaram e ficaram ao pé da montanha. A montanha ardia em fogo até o céu, em meio a trevas e nuvens escuras.
12. Então Javé falou a vocês do meio do fogo. Vocês ouviram o som das palavras, mas não viram nenhuma forma: ouvia-se apenas uma voz.
13. Ele lhes comunicou então a sua Aliança, para que vocês a cumprissem: as Dez Palavras, que ele escreveu em duas tábuas de pedra.
14. Nessa mesma ocasião, Javé me ordenou que ensinasse a vocês estatutos e normas, que vocês deveriam cumprir na terra, para onde estão atravessando, a fim de tomarem posse.
15. Prestem atenção em si mesmos! Vocês não viram nenhuma forma no dia em que Javé lhes falou no Horeb, no meio do fogo.
16. Portanto, não se pervertam, fazendo para vocês imagem esculpida em forma de ídolo: imagem de homem ou de mulher,
17. imagem de animal terrestre, de pássaro que voa no céu,
18. de réptil que rasteja sobre a terra, ou imagem de peixe que vive nas águas que estão sob a terra.
19. Levantando os olhos para o céu e vendo o sol, a lua, as estrelas e todo o exército do céu, não se deixe seduzir para adorá-los e servi-los. São coisas que Javé seu Deus repartiu entre todos os povos que vivem debaixo do céu.
20. Quanto a vocês, porém, Javé os tomou e os tirou do Egito, daquela fornalha de ferro, para que sejam o povo da sua herança, como hoje se vê.

O CASTIGO É SERVIR A DEUSES QUE NÃO LIBERTAM
21. Por causa de vocês, Javé ficou furioso comigo e jurou que eu não atravessaria o Jordão e não entraria na boa terra que Javé seu Deus dará a você como herança.
22. Vejam! Eu vou morrer nesta terra sem atravessar o Jordão. Vocês, porém, vão atravessá-lo e tomar posse dessa terra boa.
23. Prestem atenção em si mesmos: não se esqueçam da Aliança que Javé seu Deus concluiu com vocês, e não façam imagem esculpida nenhuma, de coisa alguma que Javé seu Deus lhe proibiu,
24. porque Javé seu Deus é um fogo devorador. Ele é um Deus ciumento.
25. Quando tiverem gerado filhos e netos e envelhecerem na terra, se vocês se corromperem fazendo alguma imagem esculpida, praticando assim o que Javé seu Deus reprova e o irritando,
26. eu tomo o céu e a terra como testemunhas contra vocês. Vocês serão logo e completamente exterminados da face da terra, da qual vão tomar posse ao atravessar o Jordão. Vocês não prolongarão seus dias sobre ela, pois serão completamente aniquilados.
27. Javé os espalhará entre os povos, e apenas um pequeno número restará de vocês no meio das nações, para onde Javé os tiver conduzido.
28. Aí vocês servirão a deuses feitos por mãos humanas, deuses de madeira e de pedra, que não podem ver nem ouvir, nem comer nem cheirar.
29. De lá, então, você buscará Javé seu Deus e, se o procurar com todo o coração e com toda a alma, você o encontrará.
30. Com o passar dos anos, todas essas coisas atingirão você. Mas você se voltará para Javé seu Deus e obedecerá à voz dele,
31. porque Javé seu Deus é um Deus misericordioso: ele não vai abandonar e destruir você, pois nunca se esquecerá da aliança que concluiu com seus antepassados por meio de juramento.

O ÚNICO DEUS VIVO
32. Pergunte aos tempos passados, que vieram antes de você, desde o dia em que Deus criou o homem sobre a terra. De uma ponta do céu até a outra já existiu por acaso coisa tão grande como essa? Ouviu-se algo semelhante?
33. Existe, por acaso, um povo que tenha ouvido a voz do Deus vivo, falando do meio do fogo, como você ouviu, e ainda permaneceu vivo?
34. Ou existe algum Deus que tenha vindo para escolher uma nação do meio de outra nação, com provas, sinais, prodígios e combates, com mão forte e braço estendido, por meio de grandes terrores, como tudo o que Javé seu Deus fez no Egito diante dos olhos de vocês?
35. Foi a você que ele mostrou tudo isso, para você ficar sabendo que Javé é o único Deus e que não existe outro além dele.
36. Do céu, ele fez você ouvir a sua voz para o instruir; ele fez você ver o seu grande fogo sobre a terra. E você ouviu suas palavras vindas do meio do fogo.
37. E porque ele amava os antepassados de você, e escolheu seus descendentes depois deles, ele próprio com sua presença e sua grande força tirou você do Egito.
38. Ele desalojou nações maiores e mais poderosas do que você, para o introduzir na terra delas e dá-la a você em herança, como hoje se vê.
39. Portanto, reconheça hoje e medite em seu coração: Javé é o único Deus, tanto no alto do céu, como aqui em baixo, na terra. Não existe outro.
40. Observe os estatutos e os mandamentos dele, que hoje ordeno a você. Assim tudo correrá bem para você e para os filhos que vierem depois de você, e para que seus dias se prolonguem na terra que Javé seu Deus lhe dará para todo o sempre.

CIDADES DE REFÚGIO
41. Moisés reservou três cidades no lado leste do Jordão,
42. para que aí pudesse refugiar-se o homicida que tivesse matado o próprio irmão sem premeditar, sem o ter odiado antes. Fugindo para uma dessas cidades, ele poderia salvar a própria vida.
43. Para os rubenitas era Bosor, no deserto sobre o planalto. Para os gaditas, Ramot em Galaad. E para os manassitas, Golã em Basã.

II. SEGUNDO DISCURSO DE MOISÉS: O FUNDAMENTO DA ALIANÇA

RESUMO HISTÓRICO
44. Esta é a Lei que Moisés promulgou para os filhos de Israel.
45. São estes os testemunhos, estatutos e normas que Moisés comunicou aos filhos de Israel, quando saíram do Egito.
46. Ele os comunicou no outro lado do Jordão, no vale próximo a Bet-Fegor, na terra de Seon, o rei dos amorreus que habitava em Hesebon. Moisés e os filhos de Israel o venceram ao saírem do Egito,
47. conquistando o seu território, assim como o território de Og, rei de Basã. Eram dois reis amorreus que viviam no lado oriental do Jordão.
48. O território conquistado ia desde Aroer, que está nas encostas do vale do rio Arnon, até o monte Sarion, isto é, o Hermon,
49. toda a região da Arabá no lado oriental do Jordão, até ao mar da Arabá, ao pé das encostas do Fasga.

[Deuteronômio 5]
Deuteronômio 5

PRINCÍPIOS BÁSICOS DA ALIANÇA
1. Moisés convocou todo o Israel e disse: "Ouça, Israel, os estatutos e normas que hoje eu proclamo aos seus ouvidos, para que os aprendam e cuidem de praticar:
2. Javé nosso Deus fez uma aliança conosco no Horeb.
3. Javé não fez essa aliança com nossos antepassados, mas conosco, que hoje aqui estamos, todos vivos.
4. Javé falou com vocês, face a face, sobre a montanha, do meio do fogo.
5. Eu estava entre Javé e vocês, para lhes anunciar a palavra de Javé, pois vocês ficaram com medo do fogo e não subiram à montanha. Javé então me falou:
6. 'Eu sou Javé seu Deus, que o tirou da terra do Egito, da casa da escravidão.
7. Não tenha outros deuses diante de mim.
8. Não faça ídolos para você, nenhuma representação do que existe no céu, na terra ou nas águas que estão debaixo da terra.
9. Não se prostre diante desses deuses, nem os sirva, porque eu, Javé seu Deus, sou um Deus ciumento: quando me odeiam, eu castigo a culpa dos pais em seus filhos, netos e bisnetos;
10. e trato com amor, por mil gerações, quando me amam e guardam os meus mandamentos.
11. Não pronuncie em vão o nome de Javé seu Deus, porque Javé não deixará sem punição aquele que pronunciar o seu nome em vão.
12. Observe o dia de sábado, para santificá-lo, como ordenou Javé seu Deus.
13. Trabalhe durante seis dias e faça todas as suas tarefas.
14. O sétimo dia, porém, é o sábado de Javé seu Deus. Não faça trabalho nenhum, nem você, nem seu filho, nem sua filha, nem seu escravo, nem sua escrava, nem seu boi, nem seu jumento, nem qualquer um de seus animais, nem o imigrante que vive em suas cidades. Desse modo, seu escravo e sua escrava poderão repousar como você.
15. Lembre-se: você foi escravo na terra do Egito, e Javé seu Deus o tirou de lá com mão forte e braço estendido. É por isso que Javé seu Deus ordenou que você guardasse o dia de sábado.
16. Honre seu pai e sua mãe, como Javé seu Deus lhe ordenou, para que sua vida se prolongue e tudo corra bem para você na terra que Javé seu Deus agora lhe dá.
17. Não mate.
18. Não cometa adultério.
19. Não roube.
20. Não dê falso testemunho contra seu próximo.
21. Não cobice a mulher do seu próximo, nem deseje para você a casa do seu próximo, nem o campo, nem o escravo, nem a escrava, nem o boi, nem o jumento, nem coisa alguma que pertença ao seu próximo'.
22. Foram essas as palavras que Javé dirigiu em alta voz a toda a assembléia de vocês reunida no monte, do meio do fogo, em meio a trevas, nuvens e escuridão. Sem nada acrescentar, Javé as gravou sobre duas tábuas de pedra e as entregou a mim.

RENOVAÇÃO DA ALIANÇA
23. Quando vocês ouviram a voz que vinha do meio das trevas, enquanto a montanha ardia em fogo, vocês todos, chefes das tribos e anciãos, se aproximaram de mim
24. e disseram: 'Javé nosso Deus mostrou-nos a sua glória e grandeza, e nós ouvimos a sua voz do meio do fogo. Hoje vimos que Deus pode falar ao homem, sem que este morra.
25. E agora, por que iríamos morrer? Esse fogo pode nos devorar! Se continuarmos a ouvir a voz de Javé nosso Deus nós vamos morrer.
26. De fato, qual é o mortal capaz de ouvir como nós a voz do Deus vivo falando do meio do fogo, e ainda continuar vivo?
27. Aproxime-se você, e ouça tudo o que Javé nosso Deus vai dizer. Depois você nos comunicará tudo o que Javé nosso Deus falar a você: nós ouviremos e colocaremos em prática'.
28. Javé ouviu o que vocês me falaram e me disse: 'Escutei o que esse povo falou a você. Ele tem razão.
29. Tomara que conserve sempre essa atitude, para me temer e observar continuamente todos os meus mandamentos, de modo que tudo corra bem para ele e seus filhos para sempre.
30. Vá e diga-lhes: Voltem para suas tendas.
31. Quanto a você, fique aqui comigo, para que eu lhe comunique todos os mandamentos, estatutos e normas que você ensinará a eles a fim de que os pratiquem na terra cuja posse eu lhes darei'.

A OBEDIÊNCIA QUE LEVA À VIDA
32. Portanto, procurem agir de acordo com todas as coisas que Javé seu Deus lhes manda. Não se desviem nem para a direita nem para a esquerda.
33. Sigam o caminho que Javé seu Deus lhes ordenou, para que vivam, sejam felizes e prolonguem a vida na terra que irão ocupar.

[Deuteronômio 6]
Deuteronômio 6

1. São estes os mandamentos, estatutos e normas que Javé seu Deus mandou ensinar a vocês, para que os coloquem em prática ali na terra onde vão entrar a fim de tomarem posse.
2. Tema a Javé seu Deus, e observe todos os seus estatutos e mandamentos que hoje eu ordeno a você, a seu filho e a seu neto, durante todos os dias de sua vida, para que sua vida se prolongue.
3. Portanto, Israel, ouça e procure colocar em prática o que será bom para você e que o multiplicará muito, como Javé, o Deus de seus antepassados, lhe disse ao entregar a você uma terra onde corre leite e mel.

O AMOR É A TAREFA DA VIDA
4. Ouça, Israel! Javé nosso Deus é o único Javé.
5. Portanto, ame a Javé seu Deus com todo o seu coração, com toda a sua alma e com toda a sua força.
6. Que estas palavras, que hoje eu lhe ordeno, estejam em seu coração.
7. Você as inculcará em seus filhos, e delas falará sentado em sua casa e andando em seu caminho, estando deitado e de pé.
8. Você também as amarrará em sua mão como sinal, e elas serão como faixa entre seus olhos.
9. Você as escreverá nos batentes de sua casa e nas portas da cidade.

NÃO SE ESQUEÇA DE JAVÉ
10. Quando Javé seu Deus o introduzir na terra que jurou a seus antepassados Abraão, Isaac e Jacó, que daria a você, com cidades grandes e ricas que você não construiu,
11. casas cheias de riquezas que você não encheu, poços abertos que você não cavou, vinhas e olivais que você não plantou; quando você comer e ficar satisfeito,
12. preste atenção a si mesmo: não se esqueça de Javé, que tirou você do Egito, da casa da escravidão.
13. É a Javé seu Deus que você temerá; sirva a ele e jure pelo seu nome.
14. Não sigam deuses estrangeiros, deuses de povos vizinhos,
15. porque Javé seu Deus é um Deus ciumento que mora no meio de você. A cólera de Javé seu Deus se inflamaria contra você, e ele o exterminaria da face da terra.
16. Não tentem a Javé seu Deus, como vocês o tentaram em Massa.
17. Observem cuidadosamente os mandamentos de Javé seu Deus, e também os testemunhos e estatutos que ele ordenou a você.
18. Faça o que é correto e bom aos olhos de Javé, para que tudo corra bem, e você chegue a tomar posse da terra boa que Javé prometeu a seus antepassados,
19. expulsando de sua frente todos os seus inimigos. Foi isso que Javé prometeu.

EDUCAR PARA A JUSTIÇA
20. Amanhã seu filho vai lhe perguntar: 'O que significam esses testemunhos, estatutos e normas que Javé nosso Deus ordenou a vocês?'
21'. Então você responderá a seu filho: 'Nós éramos escravos do Faraó no Egito, mas Javé nos tirou do Egito com mão forte.
22. Diante dos nossos olhos Javé realizou sinais e prodígios grandes e terríveis contra o Egito, contra o Faraó e toda a sua corte.
23. Quanto a nós, porém, ele nos tirou de lá para nos introduzir aqui e nos dar a terra que havia prometido a nossos antepassados.
24. Javé, então, nos ordenou cumprir todos esses estatutos, temendo a Javé nosso Deus, para que sempre tudo nos corra bem e para nos dar a vida, como hoje se vê.
25. Esta será a nossa justiça: cuidarmos de colocar em prática todos esses mandamentos diante de Javé nosso Deus, conforme ele nos ordenou'.

[Deuteronômio 7]
Deuteronômio 7

UM POVO CONSAGRADO A JAVÉ
1. Quando Javé seu Deus o introduzir na terra onde você está entrando para tomar posse; quando ele tiver expulsado nações mais numerosas que você - os heteus, gergeseus, amorreus, cananeus, ferezeus, heveus e jebuseus - sete nações mais numerosas que você;
2. quando Javé seu Deus as entregar a você, você as vencerá e as sacrificará como anátema. Não faça aliança nenhuma com elas e não as trate com piedade.
3. Não crie laços de parentesco com elas: não dê sua filha a um dos filhos delas, nem tome uma das filhas delas para o seu filho,
4. porque o seu filho se afastaria de mim para servir outros deuses; então a cólera de Javé se inflamaria contra você e o destruiria rapidamente.
5. Vocês devem tratá-las da seguinte maneira: demolir seus altares, destruir suas estelas, arrancar seus postes sagrados e queimar seus ídolos.
6. Pois você é um povo consagrado a Javé seu Deus: foi a você que Javé seu Deus escolheu para que pertença a ele como povo próprio, entre todos os povos da terra.

A ESCOLHA DE JAVÉ
7. Se Javé se afeiçoou a vocês e os escolheu, não é porque vocês são os mais numerosos entre todos os outros povos; pelo contrário, vocês são o menor de todos os povos!
8. Foi por amor a vocês e para manter a promessa que ele jurou aos antepassados de vocês. É por isso que Javé os tirou com mão forte e os resgatou da casa da escravidão, da mão do Faraó, rei do Egito.
9. Saiba, portanto, que Javé seu Deus é o único Deus, o Deus fiel, que mantém a aliança e o amor por mil gerações, em favor dos que o amam e observam seus mandamentos.
10. Mas ele é também aquele que retribui diretamente aos que o odeiam: faz perecer sem demora aquele que o odeia, retribuindo-lhe diretamente.
11. Observe, pois, os mandamentos, estatutos e normas que eu hoje lhe ordeno cumprir.
12. Se vocês ouvirem essas normas e as colocarem em prática, Javé seu Deus também manterá com você a aliança e o amor que ele jurou a seus antepassados.
13. Ele o amará, abençoará e multiplicará; abençoará o fruto do seu ventre e o fruto do seu solo; abençoará seu trigo, seu vinho novo, seu óleo, a cria de suas vacas e a prole de suas ovelhas, na terra que vai dar a você, conforme prometeu a seus antepassados.
14. Você vai ser abençoado mais do que todos os outros povos: no seu meio, nem o homem, nem a mulher, nem o seu gado serão estéreis.
15. Javé afastará de você qualquer doença e todas as graves enfermidades do Egito, que você conhece muito bem. Ele as mandará não para você, mas para todos os que odeiam a você.

O POVO DE DEUS NÃO DEVE TEMER
16. Devore, portanto, todos os povos que Javé seu Deus entregar a você. Não os trate com piedade, nem sirva a seus deuses. Seria uma armadilha para você.
17. Talvez você pense: 'Estas nações são mais numerosas do que eu. Como poderia expulsá-las?'
18. Não tenha medo delas. Lembre-se do que Javé seu Deus fez ao Faraó e a todo o Egito;
19. as grandes provas que os olhos de vocês viram, os sinais e prodígios, a mão forte e o braço estendido com que Javé seu Deus fez você sair de lá. Javé seu Deus tratará do mesmo modo a todos os povos de que você tem medo.
20. Javé seu Deus, além disso, mandará vespas contra eles, de modo que perecerão até os que restarem e se esconderem de você.
21. Não trema diante deles, porque Javé seu Deus, que habita no meio de você, é Deus grande e terrível.
22. Javé seu Deus irá expulsando pouco a pouco da frente de você essas nações. Você não poderá exterminá-las rapidamente, senão as feras do campo se multiplicariam contra você.
23. É Javé seu Deus quem vai entregar essas nações a você: elas ficarão perturbadas até serem completamente exterminadas.
24. Javé entregará os reis delas, e você fará desaparecer o nome delas de debaixo do céu: ninguém lhe resistirá, até que você destrua a todos.
25. Queime as imagens dos deuses delas; não cobice a prata e o ouro que os recobrem, nem os tome para você, para não cair numa armadilha, pois são coisa abominável a Javé seu Deus.
26. Portanto, não coloque uma coisa abominável dentro de casa: você se tornaria anátema como ela. Considere essas coisas como imundas e abomináveis, pois elas são anátemas.

[Deuteronômio 8]
Deuteronômio 8

PEDAGOGIA DO DESERTO
1. Observem todos os mandamentos que hoje lhes ordeno cumprir, para que vivam e se multipliquem, entrem e tomem posse da terra que Javé prometeu com juramento a seus antepassados.
2. Lembre-se, porém, de todo o caminho que Javé seu Deus fez você percorrer durante quarenta anos no deserto, a fim de o humilhar e o colocar à prova, para conhecer suas intenções: será que você iria observar os mandamentos dele ou não?
3. Ele humilhou você, fez você sentir fome e o alimentou com o maná, que nem você nem seus antepassados conheciam, tudo para mostrar a você que o homem não vive só de pão, mas que o homem vive de tudo aquilo que sai da boca de Javé.
4. As roupas que você usava não se gastaram, nem seu pé inchou durante esses quarenta anos.
5. Portanto, reconheça em seu coração que Javé seu Deus educava você como o homem educa o próprio filho.

O TEMOR DE JAVÉ
6. Observe os mandamentos de Javé seu Deus para você andar nos caminhos dele e o temer.
7. Olhe! Javé seu Deus vai introduzir você numa terra boa: terra cheia de ribeirões de água e de fontes profundas que jorram no vale e na montanha;
8. terra de trigo e cevada, de vinhas, figueiras e romãzeiras, terra de oliveiras, de azeite e de mel;
9. terra onde você comerá pão sem escasses, pois nela nada lhe faltará; terra cujas pedras são de ferro, e de cujas montanhas você extrairá o cobre.
10. Quando você comer e ficar satisfeito, bendiga a Javé seu Deus pela boa terra que lhe deu.
11. Contudo, preste atenção a si mesmo, para não se esquecer de Javé seu Deus e não deixar de cumprir seus mandamentos, normas e estatutos, que hoje eu ordeno a você.
12. Não aconteça que, tendo comido e estando satisfeito, havendo construído casas boas e habitando nelas,
13. tendo se multiplicado seus bois e aumentado suas ovelhas, e multiplicando-se também sua prata e seu ouro e tudo o que você possui,
14. não aconteça que seu coração fique cheio de orgulho, e você se esqueça de Javé seu Deus, que o tirou do Egito, da casa da escravidão;
15. que conduziu você através daquele grande e terrível deserto, cheio de serpentes venenosas, escorpiões e sede; que fez jorrar para você água da mais dura pedra, onde não havia água;
16. que sustentava você no deserto com o maná, que seus antepassados não conheceram: tudo isso para humilhar e provar você, a fim de lhe fazer o bem no futuro.
17. Portanto, não vá pensar: 'Foi a minha força e o poder de minhas mãos que me conquistaram essas riquezas'.
18. Lembre-se de Javé seu Deus, pois é ele quem lhe dá força para se enriquecer, mantendo a aliança que jurou a seus antepassados, como hoje se vê.
19. Todavia, se você esquecer completamente Javé seu Deus, seguindo, servindo e adorando outros deuses, hoje eu lhes garanto que vocês morrerão.
20. Vocês perecerão exatamente como as nações que Javé destruirá diante de vocês, por não terem obedecido a Javé seu Deus.

[Deuteronômio 9]
Deuteronômio 9

DIANTE DE DEUS NÃO EXISTE MÉRITO
1. Ouça, Israel: Hoje você está atravessando o rio Jordão para conquistar nações maiores e mais poderosas que você, cidades grandes e fortificadas até o céu.
2. Os enacim são um povo forte e de grande estatura. Você os conhece, porque ouviu dizer: 'Quem poderia resistir aos filhos de Enac?'
3. Por isso hoje você ficará sabendo que Javé seu Deus vai atravessar na sua frente como fogo devorador. Ele é quem vai exterminá-los e submetê-los a você. Então você os desalojará e rapidamente os destruirá, como Javé prometeu.
4. Quando Javé seu Deus os tiver expulsado da sua frente, não vá pensar: 'Foi por causa da minha justiça que Javé me fez entrar e tomar posse desta terra'. Não. É por causa da injustiça dessas nações que Javé as expulsará da sua frente.
5. Se você vai conquistar essas terras, não é por causa da sua justiça e honradez, e sim porque Javé seu Deus vai expulsá-las da sua frente por causa da injustiça delas, e também para cumprir a promessa que ele havia jurado a seus antepassados Abraão, Isaac e Jacó.
6. Saiba, portanto: não é por causa da justiça de você que Javé seu Deus lhe concede possuir esta terra boa, pois você é um povo de cabeça dura.

REVENDO OS PRIMEIROS ERROS
7. Lembre-se, e não se esqueça, de que no deserto você irritou Javé seu Deus. Vocês estão sendo rebeldes a Javé, desde o dia em que saíram do Egito até que chegaram a este lugar.
8. Até mesmo no Horeb vocês irritaram a Javé. E Javé ficou furioso com vocês e quis destruí-los.
9. Quando eu subi à montanha para receber as tábuas de pedra, as tábuas da aliança que Javé fez com vocês, eu fiquei na montanha durante quarenta dias e quarenta noites, sem comer pão nem beber água.
10. Então Javé me entregou as duas tábuas de pedra, escritas pelo dedo de Deus. Nelas estavam todas as palavras que Javé tinha falado com vocês na montanha, do meio do fogo, no dia da assembléia.
11. Depois de quarenta dias e quarenta noites, Javé me entregou as duas tábuas de pedra, as tábuas da aliança,
12. e me disse: 'Levante-se e desça depressa, porque o seu povo, o povo que você tirou do Egito, já se corrompeu. Já se desviaram do caminho que eu lhes ordenei: fundiram para si um ídolo de metal'.
13. E Javé acrescentou: 'Vejo que esse povo é um povo de cabeça dura.
14. Deixe-me destruí-lo e apagar o nome dele de debaixo do céu. Eu farei de você uma nação mais poderosa e numerosa do que esta'.
15. Virei-me e comecei a descer da montanha, enquanto ela ardia em fogo. Eu levava nas mãos as duas tábuas da aliança.
16. Então olhei, e era um fato: vocês tinham pecado contra Javé seu Deus. Tinham feito um bezerro de metal derretido, afastando-se bem depressa do caminho que Javé lhes havia ordenado.
17. Peguei então as duas tábuas, joguei-as com as duas mãos, quebrando-as diante dos olhos de vocês.
18. Depois me prostrei diante de Javé, como da primeira vez, durante quarenta dias e quarenta noites. Não comi pão nem bebi água, por causa do pecado que vocês cometeram, fazendo o que era mau aos olhos de Javé, a ponto de provocar a sua cólera.
19. Fiquei com medo da cólera e do furor que Javé estava dirigindo contra vocês, pois ele queria até destruí-los. Javé, porém, me ouviu ainda esta vez.
20. Javé também ficou furioso contra Aarão, e queria destruí-lo. E nesse dia eu supliquei também por Aarão.
21. Depois peguei o pecado que vocês tinham cometido, o bezerro, e o queimei. Em seguida o esmaguei, moendo completamente, até transformá-lo em pó, e o joguei no riacho que desce da montanha.
22. Vocês também irritaram continuamente a Javé em Tabera, em Massa e em Cemitério da Avidez.
23. E quando Javé enviou vocês de Cades Barne, ele disse: 'Subam e tomem posse da terra que eu lhes dei'. Mas vocês se revoltaram contra a ordem de Javé seu Deus, e não lhe deram crédito nem lhe obedeceram.
24. Vocês são rebeldes a Javé desde o dia em que eu os conheci.
25. Prostrei-me então diante de Javé. E fiquei prostrado durante quarenta dias e quarenta noites, porque Javé ameaçava destruir vocês.
26. Então supliquei a Javé: 'Javé, meu Senhor, não destruas o teu povo, a tua herança. Tu o resgataste com tua grandeza. Tu o tiraste do Egito com mão forte.
27. Lembra-te dos teus servos. Abraão, Isaac e Jacó. Não olhes para a teimosia deste povo, para a sua maldade e seu pecado,
28. para que não venham a dizer na terra de onde nos tiraste: Javé não foi capaz de conduzi-los para a terra que lhes tinha prometido! Ele os fez sair por ódio, para matá-los no deserto!
29. Apesar de tudo, eles são o teu povo e a tua herança. Tu os fizeste sair com a tua grande força e com o teu braço estendido'.

[Deuteronômio 10]
Deuteronômio 10

SINAL DE COMPROMISSO
1. Naquela ocasião, Javé me disse: 'Corte duas tábuas de pedra, como as primeiras, e suba até mim na montanha. Faça também uma arca de madeira.
2. Sobre as tábuas eu vou escrever as palavras que estavam sobre aquelas primeiras tábuas que você quebrou. E você as colocará na arca'.
3. Então eu fiz uma arca de madeira de acácia, cortei duas tábuas de pedra, como as primeiras, e subi à montanha com as duas tábuas na mão.
4. Então Javé escreveu sobre as tábuas o mesmo texto que havia escrito antes, as Dez Palavras que Javé tinha falado para vocês na montanha, do meio do fogo, no dia da assembléia. Em seguida, Javé me entregou as tábuas.
5. Depois virei-me, desci da montanha e coloquei as duas tábuas na arca que eu havia preparado. Elas continuam ali, como Javé me ordenou.
6. Os filhos de Israel partiram, então, dos poços de Benê-Jacã para Mosera. Foi aí que Aarão morreu e foi sepultado. Seu filho Eleazar lhe sucedeu no sacerdócio.
7. Daí partiram para Gadgad, e de Gadgad para Jetebata, uma terra cheia de ribeirões de água.
8. Foi nessa ocasião que Javé destacou a tribo de Levi para levar a arca da aliança de Javé e ficar à disposição de Javé, para servi-lo e abençoar em seu nome, até o dia de hoje.
9. É por isso que Levi não recebeu parte na herança de seus irmãos: a herança dele é Javé, como Javé seu Deus lhe havia falado.
10. Fiquei na montanha por quarenta dias e quarenta noites, como na primeira vez. Ainda desta vez Javé me ouviu e não quis destruir você.
11. Javé então me disse: 'Levante-se e caminhe à frente deste povo, para que tomem posse da terra que eu lhes darei, conforme prometi a seus antepassados'.

AS EXIGÊNCIAS DA ALIANÇA
12. E agora, Israel, o que é que Javé seu Deus lhe pede? Somente isto: que você tema a Javé seu Deus. Que ande em seus caminhos e o ame. Que sirva Javé seu Deus com todo o seu coração e com toda a sua alma.
13. E que observe os mandamentos de Javé e os estatutos que eu hoje lhe ordeno, para o seu bem.
14. Veja! É a Javé seu Deus que pertencem o céu e o céu do céu, a terra e tudo o que nela existe.
15. Apesar disso, foi somente com os antepassados de vocês que Javé se ligou para amá-los. E depois deles, escolheu dentre todos os povos a descendência deles, que são vocês, como hoje se vê.
16. Circuncidem portanto o coração, e nunca mais tenham cabeça dura,
17. porque Javé seu Deus é o Deus dos deuses e o Senhor dos senhores, o Deus grande, valente e terrível, que não faz diferença entre as pessoas e não aceita suborno.
18. Ele faz justiça ao órfão e à viúva e ama o imigrante, dando-lhe pão e roupa.
19. Portanto, amem o imigrante, porque vocês foram imigrantes no Egito.
20. Tema e sirva a Javé seu Deus, apegue-se a ele e jure pelo seu nome.
21. É a ele que você deve louvar, porque ele é o seu Deus. Ele fez em favor de você essas coisas grandes e terríveis, que você viu com os próprios olhos.
22. Os seus antepassados, quando desceram para o Egito, eram apenas setenta pessoas. Agora, porém, Javé seu Deus tornou você numeroso como as estrelas do céu.

[Deuteronômio 11]
Deuteronômio 11

A VERDADEIRA EDUCAÇÃO
1. Ame a Javé seu Deus e observe continuamente o que ele ordena: seus estatutos, normas e mandamentos.
2. Foram vocês que fizeram a experiência, e não seus filhos. Eles não conheceram nem viram a educação dada por Javé seu Deus, nem a sua grandeza, a sua mão forte e o seu braço estendido,
3. os sinais e as obras que ele realizou no Egito contra o Faraó, rei do Egito, e contra toda a terra dele;
4. o que ele fez contra o exército do Egito, contra seus cavalos e carros: fez as águas do mar Vermelho caírem por cima deles, quando estavam perseguindo vocês. Javé os aniquilou até o dia de hoje.
5. E o que fez por vocês no deserto, até que chegassem a este lugar.
6. E ainda o que fez a Datã e Abiram, filhos de Eliab, o rubenita: a terra abriu a boca e os engoliu, junto com suas famílias, tendas e tudo o que possuíam no meio de todo o Israel.
7. Vocês viram com os próprios olhos todas as grandes obras que Javé realizou.

A VIDA DEPENDE DA FIDELIDADE
8. Observem, portanto, todos os mandamentos que eu hoje lhes ordeno, para que se tornem fortes, entrem lá e tomem posse da terra, para a qual estão atravessando, a fim de conquistá-la.
9. Desse modo vocês prolongarão seus dias na terra que Javé prometeu dar a seus antepassados e aos descendentes deles, uma terra onde corre leite e mel.
10. A terra, onde você está entrando para tomar posse, não é como a terra do Egito, de onde vocês saíram. Aí você espalhava a semente e regava com os pés, como se fosse uma horta.
11. A terra, para onde vocês estão indo a fim de conquistá-la, é uma terra de montes e vales que bebem água da chuva do céu!
12. É a terra da qual Javé seu Deus cuida. Ele está sempre olhando por ela, do começo ao fim do ano.
13. Se vocês obedecerem aos mandamentos que hoje lhes ordeno, amando a Javé seu Deus e servindo-o com todo o seu coração e com toda a sua alma,
14. eu darei chuva para vocês no tempo certo: chuvas de outono e de primavera. Desse modo, você poderá recolher seu trigo, seu vinho novo e seu óleo.
15. Também darei erva no campo para o seu rebanho, de modo que você poderá comer e ficar satisfeito.
16. Contudo, prestem atenção a si mesmos, para que o coração de vocês não se deixe seduzir nem se desviem para servir a outros deuses, prostrando-se diante deles.
17. A cólera de Javé se inflamaria contra vocês, e ele fecharia o céu: assim não haveria mais chuva, e a terra não daria o seu produto. Desse modo vocês desapareceriam rapidamente da terra boa que Javé lhes vai dar.

BÊNÇÃO E MALDIÇÃO: A VIDA DEPENDE DA ESCOLHA
18. Coloquem essas minhas palavras no seu coração e na sua alma! Amarrem essas palavras na mão como sinal. E que elas sejam para vocês como faixa entre os olhos.
19. Vocês devem ensiná-las a seus filhos, falando delas sentado em casa e andando pelo caminho, deitado e de pé.
20. Você deverá escrevê-las nos batentes da sua casa e nas portas da sua cidade,
21. para que os dias de vocês e os dias de seus filhos se multipliquem sobre a terra que Javé jurou dar aos antepassados de vocês, e sejam dias tão numerosos quanto os dias em que o céu permanecer sobre a terra.
22. Se vocês observarem fielmente todos os mandamentos que hoje lhes ordeno, amando a Javé seu Deus, seguindo os seus caminhos e apegando-se a ele,
23. Javé expulsará diante de vocês todas essas nações, a fim de que vocês tomem posse de nações maiores e mais poderosas que vocês.
24. Todo lugar onde vocês pisarem, pertencerá a vocês: suas fronteiras irão desde o deserto até o Líbano, desde o rio Eufrates até o mar ocidental.
25. Ninguém poderá resistir a vocês, porque Javé seu Deus vai espalhar o medo e o terror de vocês em qualquer terra que pisarem, conforme lhes falou.
26. Vejam! Hoje eu estou colocando diante de vocês a bênção e a maldição.
27. A bênção, se vocês obedecerem aos mandamentos de Javé seu Deus, que eu hoje lhes ordeno.
28. A maldição, se não obedecerem aos mandamentos de Javé seu Deus, desviando-se do caminho que eu hoje lhes ordeno, para seguir outros deuses que vocês não conheceram.
29. Quando Javé seu Deus tiver introduzido você na terra para onde você se dirige, a fim de tomar posse dela, você deverá colocar a bênção sobre o monte Garizim e a maldição sobre o monte Ebal.
30. Esses montes estão do outro lado do Jordão, a caminho do poente, na terra dos cananeus que habitam na Arabá, diante de Guilgal, perto do carvalhal de Moré.
31. Vocês estão para atravessar o Jordão e tomar posse da terra que Javé seu Deus vai lhes dar. Quando vocês tomarem posse dela e nela habitarem,
32. cuidem de colocar em prática todos os estatutos e normas que hoje estou promulgando para vocês.

[Deuteronômio 12]
III. O CÓDIGO DEUTERONÔMICO: PROJETO DE UMA NOVA SOCIEDADE

Deuteronômio 12

INTRODUÇÃO
1. São estes os estatutos e normas que vocês colocarão em prática na terra cuja posse Javé, o Deus dos seus antepassados, dará a vocês durante todos os dias em que vocês viverem sobre a terra.

1. A RELAÇÃO COM DEUS

INVOCAR O NOME DE JAVÉ
2. Vocês destruirão completamente todos os lugares onde as nações, que vocês irão conquistar, serviam aos deuses delas, tanto sobre os altos montes como sobre as colinas e debaixo de qualquer árvore frondosa.
3. Destruam os altares delas, despedacem suas estelas, queimem seus postes sagrados e esmaguem os ídolos de seus deuses, fazendo assim que desapareça do lugar o nome deles.
4. Não os imitem ao prestar culto a Javé, o Deus de vocês.
5. Pelo contrário, vocês o buscarão somente no lugar que Javé seu Deus tiver escolhido entre todas as tribos, para aí colocar o seu nome e aí fazê-lo habitar.
6. Levem para esse lugar seus holocaustos e sacrifícios, dízimos e ofertas, sacrifícios votivos e sacrifícios espontâneos, os primogênitos das vacas e das ovelhas.
7. E nesse lugar vocês comerão, diante de Javé seu Deus, festejando com suas famílias por tudo o que vocês tiverem realizado e que foi abençoado por Javé seu Deus.
8. Não procedam como estamos procedendo aqui hoje: cada um fazendo o que bem entende,
9. pois até agora vocês ainda não entraram no lugar do repouso e na herança que Javé seu Deus vai dar a vocês.
10. Vocês atravessarão o Jordão e habitarão na terra que Javé seu Deus vai lhes dar como herança. Ele protegerá vocês de todos os inimigos vizinhos, para que vocês vivam tranqüilos.
11. No lugar que Javé seu Deus tiver escolhido para fazer habitar o seu nome, aí é que vocês levarão tudo o que eu lhes ordenei: holocaustos, sacrifícios, dízimos, donativos e todas as ofertas escolhidas que tiverem prometido como voto a Javé.
12. Vocês farão uma festa diante de Javé seu Deus, com seus filhos e filhas, escravos e escravas, e com o levita que vive nas cidades de vocês, porque ele não tem parte nem herança com vocês.
13. Preste atenção a si mesmo: Não ofereça seus holocaustos em qualquer lugar que você vê,
14. pois é só no lugar que Javé tiver escolhido numa de suas tribos que você deverá oferecer seus holocaustos; é aí que deverá colocar em prática tudo o que eu lhe ordeno.
15. Entretanto, quando você quiser, poderá imolar um animal e comer a carne dele em qualquer de suas cidades, conforme a bênção que Javé lhe tiver dado. Poderá comer tanto o puro como o impuro, assim como se come a gazela e o cervo.
16. Mas você não poderá comer o sangue: derrame-o no chão como água.
17. Você não poderá comer, em suas cidades, o dízimo do trigo, do vinho novo e do óleo, nem os primogênitos de suas vacas e ovelhas, nem coisa alguma dos sacrifícios votivos que você tiver prometido, nem dos sacrifícios espontâneos, nem das ofertas voluntárias.
18. Você os comerá diante de Javé seu Deus, somente no lugar que Javé seu Deus tiver escolhido, junto com seu filho e sua filha, seu servo e sua serva, e com o levita que vive em sua cidade. Por todo o sucesso de suas tarefas, você fará uma festa, diante de Javé seu Deus.
19. Preste atenção a si mesmo: enquanto você viver na sua terra, nunca abandone o levita.
20. Quando Javé seu Deus lhe tiver alargado o seu território, conforme lhe prometeu, e você quiser comer carne, porque está com vontade, poderá comer o quanto quiser.
21. Se estiver muito longe o lugar escolhido por Javé seu Deus para aí colocar o nome dele, você então poderá, como lhe ordenei, imolar vacas e ovelhas que Javé seu Deus lhe tiver dado. Poderá comer em suas cidades o quanto quiser.
22. Você as comerá da maneira que se come a gazela e o cervo: o puro junto com o impuro.
23. Porém, de nenhum modo coma o sangue, pois o sangue é a vida. Portanto, não coma a vida com a carne.
24. Não o coma nunca. Derrame-o no chão como água.
25. Não o coma, e assim tudo correrá bem para você e para os filhos que vierem depois de você. Desse modo, você estará fazendo o que agrada a Javé.
26. Todavia, daquelas coisas que pertencem a você, tome o que tiver consagrado, e também seus sacrifícios votivos, e vá ao lugar que Javé tiver escolhido.
27. Ofereça aí os seus holocaustos, a carne e o sangue, sobre o altar de Javé seu Deus; o sangue dos sacrifícios de comunhão será derramado sobre o altar de Javé seu Deus, e você poderá comer a carne.
28. Ouça com atenção e coloque em prática todas as coisas que estou ordenando, para que tudo corra sempre bem para você e para seus filhos que vierem depois de você, pois assim estará fazendo o que é bom e agradável a Javé seu Deus.
29. Quando Javé seu Deus eliminar da sua frente as nações, na terra das quais você vai entrar para as desapossar; quando você as desapossar e aí estiver morando,
30. preste atenção a si mesmo! Não se deixe seduzir; não imite essas nações, depois que elas forem eliminadas de diante de você. Tome cuidado para não procurar os deuses delas, dizendo: 'Como é que essas nações serviam seus deuses? Vou fazer a mesma coisa'!
31. Não aja dessa maneira para com Javé seu Deus, porque elas faziam aos deuses delas tudo o que é abominação para Javé, tudo o que ele detesta. Essas nações chegaram até a queimar seus próprios filhos e filhas para os deuses delas!

[Deuteronômio 13]
Deuteronômio 13

1. Cuidem de colocar em prática tudo o que eu ordeno a vocês. Não acrescentem e não tirem nada.

CORTAR A IDOLATRIA PELA RAIZ
2. Quando no meio de vocês aparecer algum profeta ou intérprete de sonhos e apresentar a você um sinal ou prodígio
3. se esse sinal ou prodígio que ele anunciou se realiza e ele convida você: 'Vamos seguir outros deuses (que você não conheceu) e vamos adorá-los'
4. não dê ouvidos a esse profeta ou intérprete de sonhos. Trata-se de uma prova com que Javé seu Deus experimenta vocês, para saber se vocês de fato amam a Javé seu Deus com todo o coração e com todo o ser.
5. Sigam a Javé seu Deus e a ele temam; observem seus mandamentos e lhe obedeçam; sirvam a ele, e a ele se apeguem.
6. Quanto ao profeta ou intérprete de sonhos, deverá ser morto, porque propôs uma revolta contra Javé seu Deus, que tirou vocês do Egito e os resgatou da casa da escravidão, e porque procurou afastar você do caminho pelo qual Javé seu Deus havia mandado seguir. Desse modo, você estará eliminando o mal do seu meio.
7. Se seu irmão, filho de seu pai ou de sua mãe, ou seu filho, sua filha, ou a esposa que repousa em seus braços, ou o amigo íntimo quiser seduzir você secretamente, convidando: 'Vamos servir outros deuses' (deuses que nem você nem seus antepassados conheceram,
8. deuses de povos vizinhos, próximos ou distantes de você, de uma extremidade da terra à outra),
9. não faça caso, nem dê ouvidos. Não tenha piedade dele, não use de compaixão, nem esconda o erro dele.
10. Pelo contrário: você deverá matá-lo. E para matá-lo, sua mão será a primeira. Em seguida, a mão de todo o povo.
11. Apedreje-o até que morra, pois tentou afastar você de Javé seu Deus, que o tirou do Egito, da casa da escravidão.
12. E todo o Israel ouvirá, ficará com medo, e nunca mais se fará em seu meio uma ação má como essa.
13. Você poderá ouvir alguém dizer que, numa das cidades que Javé seu Deus dá a você para morar,
14. apareceram vagabundos no meio do povo e seduziram os habitantes da sua cidade, dizendo: 'Vamos servir a outros deuses' (que vocês não conheceram).
15. Então você deverá investigar, fazendo pesquisa e interrogando cuidadosamente. Caso seja verdade e o fato seja constatado, se essa abominação tiver sido realmente praticada em seu meio,
16. você deverá passar a fio de espada os habitantes dessa cidade. Sacrifique-a como anátema, juntamente com tudo o que nela existe.
17. Reúna todos os despojos no meio da praça e queime a cidade e os despojos para Javé seu Deus. Ela ficará em ruínas para sempre, e nunca mais será reconstruída.
18. Em sua mão nada ficará do que for sacrificado como anátema. Desse modo, Javé deixará sua cólera, perdoará você, terá piedade e o multiplicará, como jurou a seus antepassados.
19. Assim acontecerá se você obedecer a Javé seu Deus, observando todos os seus mandamentos, que hoje lhe ordeno, e praticando o que Javé seu Deus aprova.

[Deuteronômio 14]
Deuteronômio 14

UM POVO DE IRMÃOS
1. Vocês são filhos de Javé seu Deus. Por isso, nunca se marcarão com nenhum corte nem raparão a cabeça por um morto.
2. Você é um povo consagrado a Javé seu Deus: foi a você que Javé escolheu, para que pertença a ele como povo próprio, entre todos os povos da terra.

ANIMAIS PUROS E IMPUROS
3. Não coma nada que seja abominável.
4. São estes os animais que vocês poderão comer: boi, carneiro, cabra,
5. cervo, gazela, gamo, cabrito montês, antílope, órix e cabra selvagem.
6. Poderão comer também qualquer animal que tenha o casco fendido e que rumine.
7. Porém, há ruminantes e animais com casco fendido que vocês não poderão comer: o camelo, a lebre e o texugo, que ruminam, mas não têm casco fendido. Esses serão impuros para vocês.
8. Quanto ao porco, que tem casco fendido mas não rumina, vocês o considerarão impuro: não comam sua carne, nem toquem no seu cadáver.
9. De tudo o que vive na água, vocês poderão comer todos os que têm barbatanas e escamas.
10. Não comam, porém, os que não tiverem barbatanas e escamas: serão impuros para vocês.
11. Vocês podem comer todas as aves puras,
12. mas não podem comer o abutre, o giapeto, o xofrango,
13. o milhafre negro, as diversas espécies de milhafre vermelho,
14. todas as espécies de corvo,
15. o avestruz, a coruja, a gaivota e as diversas espécies de gavião,
16. o mocho, o íbis, o grão-duque,
17. o pelicano, o abutre branco, o alcatraz,
18. a cegonha, as diversas espécies de garça, a poupa e o morcego.
19. Considerem impuros todos os bichos que voam: não comam deles.
20. Podem comer todas as aves puras.
21. Não comam nenhum animal que tenha morrido por si. Você o dará ao imigrante que vive em sua cidade, para que ele o coma, ou venderá a um estrangeiro. Porque você é um povo consagrado a Javé seu Deus. Não cozinhe o cabritinho no leite da mãe dele.

RECONHECER E REPARTIR O DOM DE DEUS
22. Todos os anos você separará o dízimo de qualquer produto de seus campos
23. e o comerá diante de Javé seu Deus, no lugar que ele tiver escolhido para aí fazer habitar o nome dele; nesse lugar você comerá o dízimo do trigo, do vinho novo e do óleo, e também os primogênitos das vacas e das ovelhas, para que você aprenda continuamente a temer Javé seu Deus.
24. Se o caminho for longo demais e você não puder levar o dízimo, porque fica muito longe o lugar escolhido por Javé seu Deus para aí colocar o nome dele, e Javé seu Deus tiver abençoado você,
25. então venda, pegue o dinheiro e vá ao lugar que Javé seu Deus tiver escolhido.
26. Aí você trocará o seu dinheiro por aquelas coisas que desejar: vacas, ovelhas, vinho, bebida embriagante, tudo o que você quiser. Você comerá aí, diante de Javé seu Deus, e festejará com a família.
27. Mas não abandone o levita que mora em suas cidades, pois ele não tem parte nem herança com você.
28. A cada três anos você pegará o dízimo da colheita do ano e o colocará nas portas da cidade.
29. Então virá o levita que não recebeu uma parte na herança de vocês, o imigrante, o órfão e a viúva que vivem nas suas cidades, e comerão até ficarem saciados. Desse modo, Javé seu Deus abençoará você em todo trabalho que você realizar.

[Deuteronômio 15]
Deuteronômio 15

ANO DA REMISSÃO: A SOCIEDADE SE RENOVA
1. A cada sete anos, você celebrará o ano da remissão das dívidas.
2. Isso quer dizer o seguinte: Todo credor que tenha emprestado alguma coisa a seu próximo, perdoará o que tiver emprestado. Não explorará seu próximo, nem seu irmão, porque terá sido proclamada a remissão em honra de Javé.
3. Você poderá explorar o estrangeiro, mas deixará quites aquilo que tiver emprestado ao irmão.
4. É verdade que no meio de você não haverá nenhum pobre, porque Javé vai abençoar você na terra que Javé seu Deus dará a você, para que a possua como herança.
5. Isso, porém, com a condição de que você obedeça de fato a Javé seu Deus, cuidando de colocar em prática todos os mandamentos que eu hoje lhe ordeno.
6. Quando Javé seu Deus tiver abençoado você, conforme prometeu, você emprestará a muitas nações e nunca pedirá emprestado; dominará muitas nações, mas nunca será dominado.
7. Quando no seu meio houver um pobre, mesmo que seja um só de seus irmãos, numa só de suas cidades, na terra que Javé seu Deus dará a você, não endureça o coração, nem feche a mão para esse irmão pobre.
8. Pelo contrário, abra a mão e empreste o que está faltando para ele, na medida que o necessitar.
9. Preste atenção a si mesmo, e não lhe venha à mente este pensamento mesquinho: 'Já está chegando o sétimo ano, o ano da remissão'. E você se torne avarento com seu irmão pobre, não lhe dando nada. Ele clamaria a Javé contra você, e em você haveria um pecado.
10. Quando você lhe der alguma coisa, não o faça de má vontade, porque, em resposta a esse gesto, Javé seu Deus abençoará você em todo o seu trabalho e em todas as suas iniciativas.
11. Veja bem! Não faltam indigentes na terra. É por isso que eu ordeno a você: abra a mão em favor do seu irmão, do seu pobre e do seu indigente na terra onde você está.

É POSSÍVEL RECOMEÇAR UMA VIDA LIVRE
12. Quando um de seus irmãos, hebreu ou hebréia, for vendido a você como escravo, ele servirá a você durante seis anos. No sétimo ano, você o deixará ir em liberdade.
13. Contudo, quando você o deixar que vá em liberdade, não o despeça de mãos vazias:
14. carregue os ombros dele com o produto do rebanho de você, da sua colheita de cereais e de uva. Dê-lhe de acordo com a bênção que Javé seu Deus tiver concedido a você.
15. Lembre-se de que você foi escravo no Egito, e que Javé seu Deus resgatou você. É por isso que eu hoje lhe dou essa ordem.
16. Mas se ele diz: 'Não quero ir embora porque me afeiçoei a você e à sua família', dado que se sente bem com você,
17. pegue então uma sovela e fure a orelha dele contra a porta, e então ele ficará sendo seu escravo para sempre. Faça o mesmo com a sua escrava.
18. Que não pareça difícil a você deixá-lo ir em liberdade: ele serviu a você durante seis anos pela metade do salário de um diarista. E Javé seu Deus abençoará você em tudo o que você fizer.

RECONHECER QUE A VIDA É UM DOM
19. Todo primogênito macho que nascer de suas vacas ou ovelhas deverá ser consagrado a Javé seu Deus. Não trabalhe com o primogênito de suas vacas, nem tosquie o primogênito de suas ovelhas.
20. Você o comerá em cada ano diante de Javé seu Deus, junto com sua família, no lugar que Javé tiver escolhido.
21. Se o primogênito tiver algum defeito - se for manco ou cego, ou tiver algum outro defeito grave -, não o sacrifique a Javé seu Deus;
22. você poderá comê-lo em sua própria cidade, o puro junto com o impuro, assim como se come a gazela ou o cervo.
23. Não coma, porém, o sangue: derrame-o no chão como água.

[Deuteronômio 16]
Deuteronômio 16

AS FESTAS PRINCIPAIS
1. Respeite o mês de abib, celebrando uma páscoa para Javé seu Deus, porque foi numa noite do mês de abib que Javé seu Deus tirou você do Egito.
2. Sacrifique para Javé seu Deus uma páscoa, ovelhas e bois, no lugar que Javé seu Deus tiver escolhido para aí fazer habitar o nome dele.
3. Não coma pão fermentado com a páscoa. Durante sete dias você comerá com ela pães sem fermento - um pão de miséria -, pois você saiu do Egito às pressas. Assim durante todos os dias da sua vida, você vai se lembrar do dia em que saiu do Egito.
4. Durante sete dias não deverá haver fermento em todo o seu território, e não deverá sobrar para a manhã seguinte coisa nenhuma da carne que você tiver sacrificado na tarde do primeiro dia.
5. Você não poderá sacrificar a páscoa em qualquer cidade que Javé seu Deus vai dar a você,
6. mas somente no lugar que Javé seu Deus tiver escolhido para aí fazer habitar o nome dele. Sacrifique a páscoa à tarde, ao pôr-do-sol, hora em que você saiu do Egito.
7. Você a cozinhará e comerá no lugar que Javé seu Deus tiver escolhido. Na manhã seguinte, você voltará para suas tendas.
8. Durante seis dias você comerá pães sem fermento e, no sétimo dia, fará uma reunião solene em honra de Javé seu Deus. Não faça nenhum trabalho.
9. Conte sete semanas. A partir do momento em que você começar a ceifar as espigas, conte sete semanas.
10. Celebre então a festa das semanas em honra de Javé seu Deus. A oferta espontânea que você fizer deverá ser proporcional ao modo como Javé seu Deus tiver abençoado você.
11. E você fará uma festa diante de Javé seu Deus - junto com seu filho e sua filha, seu escravo e sua escrava, com o levita que vive em sua cidade e o imigrante, o órfão e a viúva que vivem em seu meio - no lugar que Javé seu Deus tiver escolhido para aí fazer habitar o nome dele.
12. Lembre-se que você foi escravo no Egito, e cuide de colocar em prática esses estatutos.
13. Celebre a festa das tendas durante sete dias, depois de ter recolhido o produto da sua colheita de cereais e de uva.
14. Faça uma festa alegre com seu filho e sua filha, seu escravo e sua escrava, o levita e o imigrante, o órfão e a viúva que vivem em suas cidades.
15. Durante sete dias você festejará em honra de Javé seu Deus, no lugar que Javé tiver escolhido, pois Javé seu Deus vai abençoá-lo em todas as suas colheitas e em todo trabalho de sua mão, para que você fique cheio de alegria.
16. Por isso, três vezes por ano todo homem deverá comparecer diante de Javé seu Deus, no lugar que ele tiver escolhido: na festa dos Pães sem fermento, na festa das Semanas e na festa das Tendas. Que ninguém se apresente de mãos vazias diante de Javé:
17. cada um traga seu dom, conforme a bênção que Javé seu Deus lhe tiver proporcionado.

2. O EXERCÍCIO DA AUTORIDADE

JUÍZES: JULGAR COM JUSTIÇA
18. Nomeie juízes e oficiais de justiça para cada uma das suas cidades que Javé seu Deus vai dar para cada uma de suas tribos, para que julguem o povo com sentenças justas.
19. Não perverta o direito, não faça diferença entre as pessoas, nem aceite suborno, pois o suborno cega os olhos dos sábios e falseia a causa dos justos.
20. Busque somente a justiça, para que você viva e tome posse da terra que Javé seu Deus vai dar a você.

DESVIOS DO CULTO
21. Não plante um poste sagrado ou árvore junto a um altar que você tenha feito para Javé seu Deus,
22. nem levante uma estela, porque Javé seu Deus a odeia.

[Deuteronômio 17]
Deuteronômio 17

1. Nunca sacrifique para Javé seu Deus um boi ou ovelha com defeito grave: seria abominação para Javé seu Deus.
2. Se em alguma das cidades, que Javé seu Deus vai dar a você, for encontrado homem ou mulher que faça o que Javé seu Deus reprova, violando sua aliança,
3. para servir a outros deuses e adorá-los - o sol, a lua ou todo o exército do céu - fazendo o que eu proibi;
4. se isso lhe for denunciado, ou você ficar sabendo, faça primeiro cuidadosa investigação. Se for verdade e se for constatado que tal abominação foi cometida em Israel,
5. você levará às portas da cidade o homem ou mulher que tenha cometido essa má ação, e o apedrejará até que morra.
6. Você poderá condenar alguém à morte somente com a deposição de duas ou três testemunhas; ninguém será morto pela deposição de uma só testemunha.
7. E as primeiras pessoas a apedrejá-lo serão as testemunhas e, depois delas, todo o povo. Desse modo você eliminará o mal do meio de você.

O TRIBUNAL SUPERIOR
8. Quando você tiver que julgar uma causa que pareça muito difícil - causas duvidosas de homicídio, contenda, lesões mortais, ou causas controvertidas em sua cidade - suba ao lugar que Javé seu Deus tiver escolhido.
9. Vá até os sacerdotes levitas e o juiz que estiver em função nesses dias. Eles investigarão e anunciarão a sentença a você.
10. Faça tudo de acordo com a sentença que eles anunciarem a você nesse lugar que Javé tiver escolhido. Cuide de agir conforme as instruções deles.
11. Cumpra a decisão que eles derem e coloque em prática a sentença, sem se desviar nem para a direita nem para a esquerda.
12. Quem agir com presunção, sem obedecer ao sacerdote, que está aí para servir a Javé seu Deus, e nem ao juiz, tal homem deverá ser morto. Desse modo você eliminará o mal do meio de Israel.
13. Ao ouvir isso, todo o povo temerá e nunca mais agirá com presunção.

REI: OS LIMITES DA AUTORIDADE POLÍTICA
14. Quando tiver entrado na terra que Javé seu Deus vai dar a você, e tiver tomado posse dela e nela viver, e você disser: 'Quero nomear um rei para mim, assim como todas as nações que me rodeiam',
15. então você deverá nomear para si um rei que tenha sido escolhido por Javé seu Deus. Um de seus irmãos é que você nomeará como seu rei. Não poderá nomear um estrangeiro, que não seja seu irmão.
16. O rei não deverá multiplicar cavalos para si, nem fazer que o povo volte ao Egito, para aumentar sua cavalaria, pois Javé disse a vocês: 'Nunca mais voltem por esse caminho'.
17. Ele também não deverá multiplicar o número de suas mulheres, para que sua mente não se desvie. E também não acumulará para si prata e ouro.
18. Quando subir ao trono, ele mandará escrever num livro, para seu próprio uso, uma cópia desta lei, ditada pelos sacerdotes levitas.
19. Ela ficará sempre com ele, que a lerá todos os dias de sua vida, para que aprenda a temer a Javé seu Deus, observando todas as palavras desta lei e colocando estes estatutos em prática.
20. Desse modo, ele não se levantará orgulhosamente sobre seus irmãos, nem se desviará desses mandamentos, nem para a direita nem para a esquerda. Assim, ele prolongará os dias do seu reinado, junto com seus filhos, no meio de Israel.

[Deuteronômio 18]
Deuteronômio 18

JAVÉ, A HERANÇA DOS LEVITAS
1. Os sacerdotes levitas, a tribo inteira de Levi, não terão parte nem herança em Israel. Eles viverão da herança de Javé, comendo das oblações oferecidas a ele.
2. Essa tribo não terá parte na herança de seus irmãos. Javé é a herança dela, conforme ele próprio lhe falou.
3. São estes os direitos que os sacerdotes têm sobre o povo, sobre aqueles que oferecem um sacrifício: do boi ou da ovelha, serão dados ao sacerdote o quarto dianteiro, as mandíbulas e o estômago.
4. E você, dê a ele os primeiros frutos do seu trigo, do seu vinho novo e do seu óleo, como também o primeiro produto da tosquia do seu rebanho.
5. Pois foi ele que Javé seu Deus escolheu dentre todas as suas tribos, junto com seus filhos, para estar diante de Javé seu Deus, realizando o serviço divino e dando todos os dias a bênção em nome de Javé.
6. Quando vier um levita de alguma das suas cidades, onde quer que ele more em todo o Israel, e com todo o desejo do coração vier para o lugar que Javé tiver escolhido,
7. poderá oficiar em nome de Javé seu Deus, da mesma forma que todos os seus irmãos que aí permanecem a serviço de Javé.
8. Ele poderá comer uma parte igual à que lhes cabe, independente do produto da venda do patrimônio dele.

PROFETA: HOMEM DO DISCERNIMENTO
9. Quando você entrar na terra que Javé seu Deus vai lhe dar, não imite as práticas abomináveis das nações que aí vivem.
10. Não haja em seu meio alguém que queime o próprio filho ou filha, nem que faça presságio, pratique astrologia, adivinhação ou magia,
11. nem que pratique encantamentos, consulte espíritos ou adivinhos, ou também que invoque os mortos.
12. Pois quem pratica essas coisas é abominável para Javé, e é por causa dessas práticas abomináveis que Javé seu Deus vai desalojar essas nações.
13. Você pertencerá inteiramente a Javé seu Deus.
14. As nações que você vai conquistar ouvem astrólogos e adivinhos. Javé seu Deus, porém, não permite que você faça isso.
15. Javé seu Deus fará surgir, dentre seus irmãos, um profeta como eu em seu meio, e vocês o ouvirão.
16. Foi o que você pediu a Javé seu Deus, no Horeb, no dia da assembléia: 'Não quero continuar ouvindo a voz de Javé meu Deus, nem quero ver mais este fogo terrível, para não morrer'.
17. Javé me disse: 'Eles têm razão.
18. Do meio dos irmãos deles, eu farei surgir para eles um profeta como você. Vou colocar minhas palavras em sua boca, e ele dirá para eles tudo o que eu lhe mandar.
19. Se alguém não ouvir as minhas palavras, que esse profeta pronunciar em meu nome, eu mesmo pedirei contas a essa pessoa.
20. Contudo, se o profeta tiver a ousadia de dizer em meu nome alguma coisa que eu não tenha mandado, ou se ele falar em nome de outros deuses, tal profeta deverá ser morto'.
21. Talvez você se pergunte: 'Como vamos distinguir se uma palavra não é palavra de Javé?'
22. Se o profeta fala em nome de Javé, mas a palavra não se cumpre e não se realiza, trata-se então de uma palavra que Javé não disse. Tal profeta falou com presunção. Não tenha medo dele.

[Deuteronômio 19]
Deuteronômio 19
3. LEIS CIVIS: O RESPEITO PELA VIDA

PROTEÇÃO PARA O INOCENTE
1. Quando Javé seu Deus tiver eliminado as nações, cuja terra Javé seu Deus vai lhe dar, e quando você as conquistar e estiver morando nas cidades e casas delas,
2. deverá separar três cidades na terra que Javé seu Deus lhe dará.
3. Construa estradas, meça as distâncias e divida em três partes o território que Javé seu Deus lhe dará como herança. Isso para que qualquer homicida encontre refúgio na cidade.
4. O homicida que aí poderá refugiar-se é aquele que tiver matado seu próximo involuntariamente, sem tê-lo odiado antes.
5. Por exemplo: alguém vai ao bosque com seu próximo para cortar lenha; impelindo com força o machado para cortar a árvore, o ferro escapa do cabo, atinge o companheiro e o mata. Tal pessoa poderá, então, refugiar-se numa dessas cidades, ficando com a vida a salvo.
6. Isso para que o vingador do sangue, enfurecido, não persiga o homicida e o alcance (porque o caminho é longo), matando-o sem motivo suficiente, pois antes ele não era inimigo do outro.
7. É por isso que eu lhe ordeno: separe três cidades.
8. E quando Javé seu Deus fizer com que suas fronteiras se alarguem, como jurou a seus antepassados, e lhe der toda a terra que prometeu dar a seus antepassados
9. com a condição de que você coloque em prática todos estes mandamentos que hoje eu lhe ordeno, amando a Javé seu Deus e andando continuamente em seus caminhos você acrescentará mais três cidades àquelas três primeiras,
10. para que não se derrame sangue inocente na terra que Javé seu Deus lhe dará como herança, e sobre você não recaia um homicídio.
11. Todavia, se alguém é inimigo do seu próximo e lhe arma uma cilada, atacando-o e ferindo-o mortalmente, e depois se refugia numa dessas cidades,
12. os anciãos da sua cidade mandarão pessoas para tirá-lo de lá e entregá-lo ao vingador do sangue, para que seja morto.
13. Não tenha piedade dele. Desse modo, você eliminará de Israel o derramamento de sangue inocente, e será feliz.

A TERRA É PARA TODOS
14. Não desloque as cercas do vizinho, colocadas pelos antepassados no patrimônio que você irá receber como herança na terra que Javé seu Deus lhe dará como propriedade.

O DIREITO À BOA FAMA
15. Uma só testemunha não é suficiente contra alguém, seja qual for o caso de crime ou pecado. Em todo pecado que alguém tiver cometido, o processo será aberto pelo depoimento pessoal de duas ou três testemunhas.
16. Quando uma falsa testemunha se levantar contra alguém, acusando-o de rebelião,
17. as duas partes em litígio se apresentarão diante de Javé, aos sacerdotes e juízes que estiverem nesses dias em função.
18. Os juízes deverão fazer cuidadosa investigação. Se a testemunha for falsa e tiver caluniado o seu irmão,
19. então vocês a tratarão do mesmo modo como ela própria maquinava tratar o seu próximo. Desse modo, você eliminará o mal do seu meio.
20. Os outros ouvirão, ficarão com medo, e nunca mais cometerão mal semelhante em seu meio.
21. Não tenha piedade: vida por vida, olho por olho, dente por dente, mão por mão, pé por pé.

[Deuteronômio 20]
Deuteronômio 20

O DIREITO DE LUTAR PELA LIBERDADE E PELA VIDA
1. Quando você sair para a guerra contra os inimigos, ao ver cavalos, carros e tropas mais numerosas do que as suas, não tenha medo, pois com você está Javé seu Deus, que o fez subir do Egito.
2. Quando vocês estiverem para começar o combate, o sacerdote se aproximará para falar à tropa,
3. e dirá: 'Escute, Israel! Vocês hoje estão prontos para guerrear contra seus inimigos. Não se acovardem, nem fiquem com medo, não tremam nem se apavorem diante deles,
4. porque Javé seu Deus marcha com vocês, lutando em seu favor contra os inimigos, para dar a vitória a vocês'.
5. Os chefes também falarão ao povo, dizendo: 'Quem construiu uma casa nova e ainda não a consagrou? Pode retirar-se e voltar para casa, a fim de que não morra na batalha e outro consagre a casa.
6. Quem plantou uma vinha e ainda não colheu os seus primeiros frutos? Pode retirar-se e voltar para casa, a fim de que não morra na batalha e outro colha os primeiros frutos.
7. Quem é noivo de uma mulher e ainda não se casou com ela? Pode retirar-se e voltar para casa, a fim de que não morra na batalha e outro se case com ela'.
8. E os chefes continuarão a falar para a tropa: 'Quem está com medo e se sente covarde? Pode retirar-se e voltar para casa, a fim de que a covardia não contagie seus irmãos'.
9. Quando acabarem de falar à tropa, os chefes nomearão os comandantes para liderar as tropas.

ELIMINAR A POSSIBILIDADE DE CONTÁGIO
10. Quando você estiver para atacar uma cidade, primeiro lhe proponha a paz.
11. Se ela aceitar a paz e abrir as portas para você, todos os habitantes lhe servirão em trabalhos forçados.
12. Todavia, se ela não aceitar sua proposta de paz, mas declarar guerra, você a cercará.
13. Javé seu Deus a entregará em seu poder, e você passará a fio de espada todos os homens.
14. Quanto às mulheres, crianças, animais e tudo o que houver na cidade, você os tomará como despojo, e comerá o despojo dos inimigos que Javé seu Deus entregou a você.
15. Faça assim com todas as cidades que estiverem distantes e não pertencem a estas nações.
16. Todavia, quanto às cidades dessas nações que Javé seu Deus vai dar a você como herança, não deixe sobreviver nenhum ser vivo:
17. sacrifique como anátema os heteus, os amorreus, os cananeus, os ferezeus, os heveus e os jebuseus, conforme Javé seu Deus lhe ordenou,
18. para que não ensinem vocês a praticar nenhuma das práticas abomináveis que eles cometem com seus deuses: vocês estariam pecando contra Javé seu Deus.

RESPEITAR A VIDA DA NATUREZA
19. Quando você tiver que cercar uma cidade durante muito tempo, antes de atacá-la e tomá-la, não corte as árvores a machado; alimente-se delas sem cortá-las: Por acaso a árvore do campo é um homem, para que você a trate como inimigo?
20. Contudo, se você sabe que tal árvore não é frutífera, então pode cortá-la e usá-la para fazer instrumentos de assalto contra a cidade que está em guerra contra você, até que a tenha conquistado.

[Deuteronômio 21]
Deuteronômio 21

O SANGUE CLAMA A DEUS
1. Quando for encontrado um homem morto no campo, na terra que Javé seu Deus vai dar a você como propriedade, e ninguém souber quem foi que o matou,
2. os anciãos e juízes sairão e medirão as distâncias até às cidades que estiverem ao redor do morto,
3. para determinar a cidade mais próxima. A seguir, os anciãos da cidade mais próxima tomarão uma novilha, com a qual não se tenha trabalhado e que ainda não tenha usado canga.
4. Os anciãos dessa cidade levarão a novilha até um riacho permanente, no lugar onde ninguém trabalha nem semeia. E aí, sobre o riacho, desnucarão a novilha.
5. Depois se aproximarão os sacerdotes levitas, pois foram eles que Javé seu Deus escolheu para o seu serviço e para abençoar em nome de Javé, cabendo também a eles resolver qualquer litígio ou crime.
6. Os anciãos da cidade mais próxima do lugar do crime lavarão as mãos sobre a novilha desnucada,
7. fazendo a seguinte declaração: 'Nossas mãos não derramaram este sangue e nossos olhos não viram nada.
8. Perdoa o teu povo Israel, que resgataste, ó Javé. Não permitas que o sangue inocente recaia sobre Israel, teu povo, e este sangue lhe será perdoado'.
9. Desse modo, você eliminará do seu meio o derramamento de sangue inocente e fará o que Javé aprova.

RESPEITO PARA COM A MULHER
10. Quando você guerrear contra seus inimigos, e Javé seu Deus os entregar em seu poder, e você tiver feito prisioneiros,
11. se encontrar entre eles uma mulher bonita e se enamorar dela, você poderá tomá-la como esposa,
12. e levá-la para casa. Ela então raspará a cabeça, cortará as unhas,
13. tirará a roupa de prisioneira e ficará na casa onde você mora. Durante um mês ela chorará seu pai e sua mãe. Depois do luto, você se unirá a ela e se tornará seu marido e ela será sua esposa.
14. Mais tarde, caso você não goste mais dela, deixe-a ir em liberdade, mas não a venda por dinheiro; não queira tirar lucro depois de a ter usado.

JUSTIÇA NO RELACIONAMENTO FAMILIAR
15. Se alguém tiver duas mulheres e gostar de uma e não da outra, e as duas lhe tiverem dado filhos, se o primogênito é filho da mulher da qual ele não gosta,
16. esse homem, quando repartir a herança entre os filhos, não poderá tratar o filho da mulher que ama como se fosse o mais velho, prejudicando o filho da mulher da qual não gosta, mas que é o verdadeiro primogênito.
17. Deverá reconhecer como primogênito o filho da mulher da qual ele não gosta, dando a ele porção dupla de tudo quanto possui, pois esse filho é o primeiro fruto da sua virilidade. A ele pertence o direito de primogenitura.

RESPEITO AOS PAIS
18. Se alguém tiver um filho rebelde e incorrigível, que não obedece ao pai e à mãe e não os ouve, nem quando o corrigem,
19. o pai e a mãe o pegarão e o levarão aos anciãos da cidade para ser julgado.
20. E dirão aos anciãos da cidade: 'Este nosso filho é rebelde e incorrigível: não nos obedece, é devasso e beberrão'.
21. E todos os homens da cidade o apedrejarão até que morra. Desse modo, você eliminará o mal do seu meio, e todo o Israel ouvirá e ficará com medo.

NÃO CONTAMINAR A TERRA DA VIDA
22. Se um homem sentenciado à pena de morte, for executado e suspenso a uma árvore,
23. seu cadáver não poderá permanecer na árvore durante a noite. Você deverá sepultá-lo no mesmo dia, pois quem é suspenso torna-se um maldito de Deus. Desse modo, você não tornará impuro o solo que Javé seu Deus lhe dará como herança.

[Deuteronômio 22]
Deuteronômio 22

CADA UM POR TODOS
1. Se você vê extraviados o boi ou a ovelha de seu irmão, não fique indiferente a eles: devolva-os a seu irmão.
2. Se seu irmão não é seu vizinho ou se você não o conhece, recolha na sua propriedade o boi ou a ovelha e guarde-os até que seu irmão os procure. Então você os devolverá.
3. Faça o mesmo com o asno, com o manto e com qualquer objeto perdido por seu irmão e que você tenha encontrado. Não fique indiferente a eles.
4. Se você vê o asno ou o boi do seu irmão caídos no caminho, não fique indiferente: ajude-o a levantar o animal.

RESPEITAR A ORDEM DA NATUREZA
5. A mulher não deverá usar artigo masculino, nem o homem se vestirá com roupa de mulher, pois quem assim age é abominável para Javé seu Deus.

RESPEITAR A MATERNIDADE
6. Se pelo caminho, numa árvore ou no chão, você encontrar um ninho de pássaros com filhotes ou ovos, e a mãe sobre os filhotes ou sobre os ovos, não pegue a mãe que está sobre os filhotes;
7. deixe primeiro a mãe voar em liberdade, e depois pegue os filhotes, para que tudo lhe corra bem e você prolongue seus dias.

RESPEITAR A VIDA DO IRMÃO
8. Quando você construir uma casa nova, faça um parapeito no terraço; desse modo, estará evitando que sua casa seja responsável pela vingança do sangue, caso alguém caia do terraço.

PRESCRIÇÕES DIVERSAS
9. Não semeie na sua vinha duas espécies de sementes, para evitar que a vinha inteira fique consagrada, tanto a semente que você semear, como o fruto da vinha.
10. Não are com boi e asno na mesma junta.
11. Não vista roupa mesclada de lã e linho.
12. Faça borlas nas quatro pontas do manto com que você se cobrir.

RESPEITAR A BOA FAMA DA MULHER
13. Se um homem se casa com uma mulher e começa a detestá-la depois de ter tido relações com ela,
14. acusando-a de atos vergonhosos e difamando-a publicamente, dizendo: 'Casei-me com esta mulher mas, quando me aproximei dela, descobri que não era virgem',
15. o pai e a mãe da jovem pegarão a prova da virgindade dela e levarão a prova aos anciãos da cidade para que julguem o caso.
16. Então o pai da jovem dirá aos anciãos: 'Dei minha filha como esposa a este homem, mas ele a detesta,
17. e a está acusando de atos vergonhosos, dizendo que minha filha não era virgem. Mas aqui está a prova da virgindade da minha filha!' E estenderá o lençol diante dos anciãos da cidade.
18. Os anciãos da cidade pegarão o homem, mandarão castigá-lo
19. e o multarão em cem moedas de prata, que serão entregues ao pai da jovem, por ter sido difamada publicamente uma virgem de Israel. Além disso, ela continuará sendo mulher dele, e o marido não poderá mandá-la embora durante toda a sua vida.
20. Se a denúncia for verdadeira, isto é, se não acharem a prova da virgindade da moça,
21. levarão a jovem até à porta da casa de seu pai e os homens da cidade a apedrejarão até que morra, pois ela cometeu uma infâmia em Israel, desonrando a casa do seu pai. Desse modo, você eliminará o mal do seu meio.

CASOS DE ADULTÉRIO
22. Se um homem for pego em flagrante tendo relações sexuais com uma mulher casada, ambos serão mortos, tanto o homem como a mulher. Desse modo, você eliminará o mal de Israel.
23. Se houver uma jovem prometida a um homem, e um outro tiver relações com ela na cidade,
24. vocês levarão os dois à porta da cidade e os apedrejarão até que morram: a jovem por não ter gritado por socorro na cidade, e o homem por ter violentado a mulher do seu próximo. Desse modo, você eliminará o mal do seu meio.
25. Contudo, se o homem encontrou a jovem no campo, a violentou e teve relações com ela, morrerá somente o homem que teve relações com ela;
26. não faça nada à jovem, porque ela não tem pecado que mereça a morte. É como o caso do homem que ataca seu próximo e o mata:
27. ele a encontrou no campo e a jovem pode ter gritado, mas não havia quem a socorresse.

CASO DE VIOLAÇÃO
28. Se um homem encontra uma jovem que não está prometida em casamento e a agarra e tem relações com ela e é pego em flagrante,
29. o homem que teve relações com ela dará ao pai da jovem cinqüenta moedas de prata, e ela ficará sendo sua mulher. Uma vez que a violentou, não poderá mandá-la embora durante toda a sua vida.

[Deuteronômio 23]
Deuteronômio 23

CASO DE INCESTO
1. Um homem não tomará a mulher de seu pai, para não retirar dela o pano do manto de seu pai.

PARTICIPAÇÃO NAS ASSEMBLÉIAS
2. O homem com testículos esmagados ou com o membro viril cortado não poderá entrar na assembléia de Javé.
3. Nenhum bastardo poderá entrar na assembléia de Javé, e seus descendentes até a décima geração não poderão entrar na assembléia de Javé.
4. O amonita e o moabita não poderão entrar na assembléia de Javé, e também seus descendentes nem na décima geração serão admitidos nela.
5. Isso porque não foram ao encontro de vocês com pão e água, quando vocês caminhavam depois da saída do Egito e porque pagaram Balaão, filho de Beor, de Petor em Aram Naaraim, para que amaldiçoasse você.
6. No entanto, Javé seu Deus não fez caso de Balaão, e Javé seu Deus transformou a maldição em bênção, porque Javé seu Deus ama você.
7. Portanto, enquanto você viver, nunca favoreça a prosperidade e a felicidade deles.
8. Não considere o edomita como abominável, pois ele é seu irmão. Não considere o egípcio como abominável, porque você foi um estrangeiro na terra dele.
9. Na terceira geração, os descendentes deles terão acesso à assembléia de Javé.

PUREZA NO ACAMPAMENTO
10. Quando você estiver acampado contra o inimigo, guarde-se de todo tipo de mal.
11. Se, em seu meio, alguém de vocês ficar impuro por causa de uma polução noturna, deverá sair para fora do acampamento, e não voltará.
12. Ao entardecer, ele tomará banho, e ao pôr-do-sol poderá voltar ao acampamento.
13. Providencie um lugar fora do acampamento para suas necessidades.
14. Junto com o equipamento, tenha sempre uma pá. Quando você sair para fazer as necessidades, cave com ela e, ao terminar, cubra as fezes.
15. Porque Javé seu Deus anda pelo acampamento para protegê-lo e entregar os inimigos a você. Por isso o acampamento deve ser santo, para que Javé não veja nada de inconveniente e não se afaste de você.

RESPEITAR A LIBERDADE
16. Quando um escravo fugir do seu patrão e se refugiar junto a você, não o devolva ao patrão.
17. Ele permanecerá com você, entre os seus, no lugar que escolher, numa de suas cidades, onde lhe pareça melhor. Não o explore.

JAVÉ NÃO ACEITA OFERTAS IDOLÁTRICAS
18. Entre as israelitas não haverá prostituta sagrada, nem prostituto sagrado entre os israelitas.
19. Não leve à casa de Javé seu Deus, como cumprimento de um voto, o salário de uma prostituta sagrada, nem o pagamento de um prostituto sagrado, porque os dois são abomináveis para Javé seu Deus.

IRMÃO NÃO É FONTE DE LUCRO
20. Não empreste ao seu irmão com juros, quer se trate de empréstimo em dinheiro, quer em alimento ou qualquer outra coisa sobre a qual é costume cobrar juros.
21. Você poderá emprestar com juros ao estrangeiro. Mas ao seu irmão empreste sem cobrar juros, para que Javé seu Deus abençoe tudo o que você fizer na terra em que você está entrando para dela tomar posse.

CUMPRIR O QUE SE PROMETE
22. Quando você oferecer um voto a Javé seu Deus, não tarde em cumpri-lo, porque Javé seu Deus o reclamará de você, e em você haveria um pecado.
23. Se você não fizer nenhum voto, não estará pecando.
24. Mas terá de cumprir o voto que fez, uma vez que, com sua própria boca, você prometeu espontaneamente um voto a Javé seu Deus.

TODOS TÊM DIREITO AOS BENS NECESSÁRIOS PARA A SOBREVIVÊNCIA
25. Quando você entrar na vinha do seu próximo, pode comer à vontade até ficar saciado, mas não carregue nada em seu cesto.
26. E quando entrar na plantação do seu próximo, pode arrancar as espigas com a mão, mas não passe a foice na plantação do seu próximo.

[Deuteronômio 24]
Deuteronômio 24

LEI DO DIVÓRCIO
1. Quando um homem se casa com uma mulher e consuma o matrimônio, se depois ele não gostar mais dela, por ter visto nela alguma coisa inconveniente, escreva para ela um documento de divórcio e o entregue a ela, deixando-a sair de casa em liberdade.
2. Tendo saído de sua casa, se ela se casar com outro,
3. e também este se divorciar dela e lhe entregar nas mãos um documento de divórcio e a deixar ir embora em liberdade, ou se o segundo marido morrer,
4. então o primeiro marido, que se havia divorciado dela, não poderá casar-se outra vez com ela, pois estará contaminada: seria um ato abominável diante de Javé. Você não deve tornar culpada de pecado a terra que Javé seu Deus vai lhe dar como herança.

DIREITO DE FORMAR UM LAR
5. Quando um homem for recém-casado, não ficará obrigado ao serviço militar nem a outros trabalhos públicos: terá um ano de licença em casa, alegrando a mulher com quem se casou.

NÃO PENHORAR A VIDA
6. Não tome como penhor as duas mós do moinho, nem mesmo a mó de cima, porque seria o mesmo que penhorar uma vida.

RESPEITAR A LIBERDADE
7. Se alguém for pego em flagrante, seqüestrando um irmão israelita, para explorá-lo ou vendê-lo, tal seqüestrador deverá ser morto. Desse modo, você eliminará o mal de seu meio.

INSTRUÇÃO EM CASO DE LEPRA
8. Quando houver lepra, cumpra exatamente as instruções dadas pelos sacerdotes levitas. Ponham em prática tudo o que ordenei a eles.
9. Lembre-se do que Javé seu Deus fez a Maria, no caminho, quando vocês saíram do Egito.

O POBRE É O JUIZ
10. Quando você fizer algum empréstimo a seu próximo, não entre na casa dele para pegar alguma coisa como penhor.
11. Fique do lado de fora, e o homem a quem você fez o empréstimo, ele é que sairá para lhe trazer o penhor.
12. Se ele for pobre, você não irá dormir conservando o penhor tirado dele;
13. ao pôr-do-sol você deverá devolver sem falta o penhor, para que ele durma com seu manto e abençoe você. Quanto a você, isso será um ato de justiça diante de Javé seu Deus.

JUSTIÇA NO TRABALHO
14. Não explore um assalariado pobre e necessitado, seja ele um de seus irmãos ou imigrante que vive em sua terra, em sua cidade.
15. Pague-lhe o salário a cada dia, antes que o sol se ponha, porque ele é pobre e sua vida depende disso. Assim, ele não clamará a Javé contra você, e em você não haverá pecado.

RESPONSABILIDADE PESSOAL
16. Os pais não serão mortos pela culpa dos filhos, nem os filhos pela culpa dos pais. Cada um será executado por causa de seu próprio crime.

JUSTIÇA PARA COM OS OPRIMIDOS
17. Não distorça o direito do estrangeiro e do órfão, nem tome como penhor a roupa da viúva.
18. Lembre-se: você foi escravo no Egito e daí Javé seu Deus o resgatou. É por isso que eu lhe ordeno agir desse modo.

OS POBRES RECEBEM EM NOME DE JAVÉ
19. Quando você estiver ceifando a colheita em seu campo e esquecer atrás um feixe, não volte para pegá-lo: deixe-o para o imigrante, o órfão e a viúva. Desse modo, Javé seu Deus abençoará você em todo o seu trabalho.
20. Quando você sacudir as azeitonas da sua oliveira, não volte para catar o que tiver sobrado: o resto será para o imigrante, o órfão e a viúva.
21. Quando você colher as uvas da sua vinha, não volte para catar o que tiver sobrado: o resto será para o imigrante, o órfão e a viúva.
22. Lembre-se: você foi escravo no Egito. É por isso que eu lhe ordeno agir desse modo.

[Deuteronômio 25]
Deuteronômio 25

PUNIÇÃO TEM LIMITES
1. Quando houver demanda entre dois homens e forem à justiça, eles serão julgados, absolvendo-se o inocente e condenando-se o culpado.
2. Se o culpado merecer açoites, o juiz o fará deitar-se no chão e mandará açoitá-lo em sua presença, com número de açoites proporcional à culpa.
3. Podem açoitá-lo até quarenta vezes, não mais; isso para não acontecer que a ferida se torne grave, caso seja açoitado mais vezes, e seu irmão fique marcado diante de você.

O DIREITO DE USUFRUIR
4. Não coloque focinheira no boi que debulha o grão.

LEI DO LEVIRATO
5. Quando dois irmãos moram juntos e um deles morre sem deixar filhos, a viúva não sairá de casa para casar-se com nenhum estranho; seu cunhado se casará com ela, cumprindo o dever de cunhado.
6. O primogênito que nascer receberá o nome do irmão morto, para que o nome deste não se apague em Israel.
7. Contudo, se o cunhado se nega a casar-se com a viúva, esta irá aos anciãos no tribunal, e dirá: 'Meu cunhado se nega a transmitir o nome de seu irmão em Israel; não quer cumprir comigo seu dever de cunhado'.
8. Os anciãos da cidade o convocarão e procurarão convencê-lo. Se ele persiste e diz que não quer se casar com ela,
9. então a viúva se aproximará dele, diante dos anciãos, lhe tirará a sandália do pé, lhe cuspirá no rosto, e fará esta declaração: 'Isto é o que se faz com um homem que não edifica a casa do seu irmão'.
10. E em Israel ele ficará com o apelido de 'a família do descalçado'.

RESPEITO PELA GERAÇÃO
11. Quando homens estiverem brigando, um homem contra seu irmão, e a mulher de um deles se aproximar para livrar o marido dos socos do outro e estender a mão, agarrando o outro nas partes vergonhosas,
12. corte a mão dela. Não tenha piedade.

JUSTIÇA NO COMÉRCIO
13. Não tenha em sua bolsa dois tipos de peso: um mais pesado e outro mais leve.
14. Não tenha em sua casa dois tipos de medida: uma que seja maior e outra menor.
15. Tenha um peso exato e justo e uma medida exata e justa, para que seus dias se prolonguem sobre a terra que Javé seu Deus vai lhe dar.
16. Porque Javé seu Deus abomina todos os que fazem tais coisas, todos os que cometem injustiça.

ATACAR INDEFESOS É NÃO TEMER A DEUS
17. Lembre-se do que Amalec fez no caminho, quando você saiu do Egito:
18. ele veio ao seu encontro, quando você estava cansado e sem forças e, sem temer a Deus, atacou pelas costas todos os desfalecidos que iam atrás.
19. Quando Javé seu Deus puser fim às hostilidades com os inimigos que cercam você, na terra que Javé seu Deus lhe dará como herança, você deverá apagar de debaixo do céu a memória de Amalec. Não se esqueça disso.

[Deuteronômio 26]
4. CONCLUSÃO: A VERDADEIRA RELIGIÃO

Deuteronômio 26

CREIO NO DEUS QUE LIBERTA
1. Quando você entrar na terra que Javé seu Deus vai lhe dar como herança, quando tomar posse dela e habitar aí,
2. pegue os primeiros frutos que você recolher da terra que Javé seu Deus vai lhe dar, coloque-os num cesto e vá ao lugar que Javé seu Deus tiver escolhido para aí fazer habitar o nome dele.
3. Vá ao sacerdote em função nesses dias e diga-lhe: 'Hoje eu confesso a Javé meu Deus que entrei na terra que Javé tinha jurado a nossos antepassados que nos daria'.
4. O sacerdote receberá o cesto de sua mão, e o colocará diante do altar de Javé seu Deus.
5. Então você, tomando a palavra, dirá diante de Javé seu Deus: 'Meu pai era um arameu errante: ele desceu ao Egito e aí residiu com poucas pessoas. Depois tornou-se uma nação grande, forte e numerosa.
6. Os egípcios, porém, nos maltrataram e humilharam, impondo uma dura escravidão sobre nós.
7. Clamamos então a Javé, Deus dos nossos antepassados, e Javé ouviu a nossa voz. Ele viu nossa miséria, nosso sofrimento e nossa opressão.
8. E Javé nos tirou do Egito com mão forte e braço estendido, em meio a grande terror, com sinais e prodígios.
9. E nos trouxe a este lugar, dando-nos esta terra: uma terra onde corre leite e mel.
10. Por isso, aqui estou, Javé, com os primeiros frutos da terra que tu me deste'. E você colocará os primeiros frutos diante de Javé seu Deus e diante de Javé seu Deus se prostrará.
11. Então você se alegrará com todas as coisas boas que Javé seu Deus lhe terá dado, a você e à sua família. E também festejarão com você o levita e o imigrante que vive em seu meio.

OS POBRES SÃO O SACRAMENTO DA PRESENÇA DE DEUS
12. A cada três anos, no ano dos dízimos, quando você tiver acabado de separar todo dízimo de sua colheita e o tiver dado ao levita, ao imigrante, ao órfão e à viúva, para que comam e fiquem saciados nas suas cidades,
13. você confessará diante de Javé seu Deus: 'Eu tirei de minha casa o que estava consagrado e o dei ao levita, ao imigrante, ao órfão e à viúva, conforme a ordem que me deste. Não violei nem esqueci os teus mandamentos.
14. Não comi nada disso durante o meu luto, não tirei nada quando estava impuro, e nada ofereci por um morto. Obedeci a Javé meu Deus e agi conforme tudo o que me ordenaste.
15. Inclina-te da tua morada santa, aí do céu, e abençoa o teu povo Israel, como também a terra que nos deste, como juraste aos nossos antepassados, uma terra onde corre leite e mel'.

RELIGIÃO É ALIANÇA E COMPROMISSO
16. Javé seu Deus ordena hoje que você cumpra esses estatutos e normas. Cuide de colocá-los em prática com todo o seu coração e com toda a sua alma.
17. Hoje você fez Javé declarar que ele seria o seu Deus, com a condição de que você andaria nos caminhos dele, observando seus estatutos, mandamentos e normas, dando assim ouvidos à sua voz.
18. E Javé hoje fez você declarar que seria o seu povo próprio, conforme ele mesmo lhe prometeu, observando todos os mandamentos.
19. Desse modo, ele tornará você superior, em honra, fama e glória, a todas as nações que ele fez. E você será um povo consagrado a Javé seu Deus, conforme ele prometeu".

[Deuteronômio 27]
IV. BÊNÇÃOS E MALDIÇÕES: VIDA OU MORTE

Deuteronômio 27

AS PEDRAS DO COMPROMISSO
1. Moisés e os anciãos de Israel ordenaram ao povo: "Observem todos os mandamentos que hoje lhes ordeno.
2. No dia em que vocês atravessarem o rio Jordão para entrar na terra que Javé seu Deus dará a você, levante grandes pedras e as cubra de cal.
3. Sobre elas você deverá escrever todas as palavras desta Lei, quando você atravessar para entrar na terra que Javé seu Deus lhe dará, uma terra onde corre leite e mel, conforme lhe prometeu Javé, Deus de seus antepassados.
4. Depois de atravessar o Jordão, conforme hoje lhes ordeno, vocês levantarão sobre o monte Ebal essas pedras e as cobrirão de cal.
5. Aí você construirá um altar para Javé seu Deus, um altar com pedras não trabalhadas com ferro.
6. Construa o altar de Javé seu Deus com pedras brutas, e ofereça sobre ele holocaustos a Javé seu Deus.
7. Ofereça aí sacrifícios de comunhão e coma, festejando diante de Javé seu Deus.
8. Escreva sobre essas pedras todas as palavras desta Lei, gravando-as bem".
9. Em seguida, Moisés e os sacerdotes levitas falaram a todo o Israel: "Fique em silêncio e escute, Israel: Hoje você se tornou o povo de Javé seu Deus.
10. Obedeça, portanto, a Javé seu Deus e coloque em prática os mandamentos e estatutos que hoje lhe ordeno".

OBRIGAÇÕES DE CONSCIÊNCIA
11. Nesse dia, Moisés ordenou ao povo:
12. "Quando vocês atravessarem o Jordão, as tribos de Simeão, Levi, Judá, Issacar, José e Benjamim se colocarão sobre o monte Garizim, para pronunciar a bênção sobre o povo.
13. As tribos de Rúben, Gad, Aser, Zabulon, Dã e Neftali se colocarão sobre o monte Ebal, para pronunciar a maldição.
14. Os levitas entoarão em alta voz, dizendo a todos os homens de Israel:
15. 'Maldito seja quem faz um ídolo esculpido ou derretido, abominação para Javé, obra de artesão, e o guarda em lugar escondido'. E todo o povo responderá: 'Amém'.
16. 'Maldito seja quem despreza seu pai e sua mãe'. E todo o povo responderá: 'Amém'.
17. 'Maldito seja quem desloca a cerca do seu vizinho'. E todo o povo responderá: 'Amém'.
18. 'Maldito seja quem extravia um cego no caminho'. E todo o povo responderá: 'Amém'.
19. 'Maldito seja quem distorce o direito do imigrante, do órfão e da viúva'. E todo o povo responderá: 'Amém'.
20. 'Maldito seja quem se deita com a mulher do seu pai, pois retira dela o pano do manto do seu pai'. E todo o povo responderá: 'Amém'.
21. 'Maldito seja quem se deita com um animal'. E todo o povo responderá: 'Amém'.
22. 'Maldito seja quem se deita com sua irmã, filha de seu pai ou filha de sua mãe'. E todo o povo responderá: 'Amém'.
23. 'Maldito seja quem se deita com sua sogra'. E todo o povo responderá: 'Amém'.
24. 'Maldito seja quem mata seu próximo às escondidas'. E todo o povo responderá: 'Amém'.
25. 'Maldito seja quem se deixa subornar para matar um inocente'. E todo o povo responderá: 'Amém'.
26. 'Maldito seja quem não mantém as ordens desta Lei, não as colocando em prática'. E todo o povo responderá: 'Amém'.

[Deuteronômio 28]
Deuteronômio 28

A FIDELIDADE PRODUZ A BÊNÇÃO
1. Se você obedecer de fato a Javé seu Deus, cuidando de colocar em prática todos os mandamentos que eu hoje lhe ordeno, Javé seu Deus tornará você superior a todas as nações da terra.
2. São estas as bênçãos que virão sobre você e o acompanharão, se você obedecer a Javé seu Deus:
3. Você será abençoado na cidade e abençoado também no campo.
4. Será abençoado o fruto do seu ventre, o fruto do seu solo, o fruto de seus animais, a cria de suas vacas e a prole de suas ovelhas.
5. Será abençoado o seu cesto e a sua amassadeira.
6. Será abençoado ao entrar e abençoado ao sair.
7. Javé entregará, já vencidos, os inimigos que se levantarem contra você; eles sairão contra você por um caminho, e por sete caminhos fugirão.
8. Javé mandará que a bênção fique com você em seus celeiros e em tudo o que você fizer. E o abençoará na terra que Javé seu Deus lhe dará.
9. Javé fará de você um povo a ele consagrado, conforme prometeu, se você observar os mandamentos de Javé seu Deus e andar pelos caminhos dele.
10. Todos os povos da terra verão que sobre você foi invocado o nome de Javé, e ficarão com medo de você.
11. Javé lhe concederá abundância de bens, com o fruto do seu ventre, dos seus animais e da sua terra, essa terra que Javé prometeu a seus antepassados que daria a você.
12. Javé abrirá para você o tesouro do céu, dando no tempo certo a chuva para a terra e abençoando todo trabalho que você realizar. Desse modo, você emprestará a muitas nações, e nunca tomará emprestado.
13. Javé fará de você a cabeça e não a cauda; você estará sempre por cima, e não por baixo. Isso, porém, com a condição de que você obedeça aos mandamentos de Javé seu Deus, que hoje eu lhe ordeno observar e colocar em prática.
14. Não se desvie para a direita nem para a esquerda, em tudo o que eu hoje lhes ordeno, indo atrás de outros deuses para servi-los.

A INFIDELIDADE TRAZ A MALDIÇÃO
15. Contudo, se você não obedecer a Javé seu Deus, não colocando em prática todos os seus mandamentos e estatutos que eu hoje lhe ordeno, virão sobre você todas estas maldições e o atingirão:
16. Você será maldito na cidade e maldito também no campo.
17. Maldito será o seu cesto e a sua amassadeira.
18. Maldito será o fruto do seu ventre, o fruto da sua terra, a cria de suas vacas e a prole de suas ovelhas.
19. Você será maldito ao entrar e maldito também ao sair.
20. Javé mandará contra você a maldição, o pânico e a ameaça em tudo o que você fizer, até que seja exterminado e pereça rapidamente por causa da maldade de suas ações, pelas quais você me abandonou.
21. Javé fará que a peste se apegue a você, até eliminá-lo da terra em que está entrando para dela tomar posse.
22. Javé ferirá você com tísica e febre, inflamação e delírio, secura, ferrugem e mofo, que o perseguirão até que você pereça.
23. O céu sobre a sua cabeça ficará como bronze, e a terra sob seus pés ficará como ferro.
24. Javé transformará a chuva em cinza e pó, que cairão sobre você, até que fique em ruínas.
25. Javé entregará você, já vencido, aos seus inimigos: você sairá ao encontro deles por um caminho, e por sete caminhos fugirá. Você se transformará em objeto de espanto para todos os reinos da terra.
26. Seu cadáver será alimento de todas as aves do céu e animais da terra, e ninguém os espantará.
27. Javé ferirá você com úlceras do Egito, com tumores, crostas e sarnas, que você não poderá curar.
28. Javé ferirá você com loucura, cegueira e demência.
29. Você ficará tateando ao meio-dia, como o cego que tateia na escuridão, e em seus caminhos nada será bem sucedido. Você será oprimido e explorado todos os dias, e ninguém o socorrerá:
30. você se casará com uma mulher, e outro homem a possuirá; construirá uma casa, e não habitará nela; plantará uma vinha, e não colherá as uvas;
31. seu boi será morto diante de seus olhos, e dele você não comerá; seu jumento será roubado na sua frente, e não o devolverão; suas ovelhas serão dadas aos inimigos, e não haverá quem o ajude;
32. seus filhos e suas filhas serão entregues a outro povo: seus olhos verão tudo isso e ficarão consumidos de saudade o dia inteiro, e você nada poderá fazer;
33. o produto da sua terra e de todo o seu trabalho será comido por um povo que você não conhece, e você será oprimido e maltratado todos os dias;
34. você ficará louco com o espetáculo que seus olhos verão.
35. Javé ferirá você com úlcera maligna nos joelhos e nas pernas, da qual você não poderá ficar bom, desde a sola dos pés até o alto da cabeça.
36. Javé levará você, junto com o rei que você tiver constituído, para uma nação que nem você nem seus antepassados conheceram. E aí você servirá a outros deuses, feitos de madeira e pedra.
37. Você se tornará motivo de assombro, piada e caçoada, em meio a todos os outros povos, para onde Javé o tiver conduzido.
38. Você lançará muitas sementes no campo, mas colherá pouco porque o gafanhoto as comerá.
39. Você plantará e cultivará vinhas, mas não beberá vinho nem colherá nada, pois a praga as devorará.
40. Você terá oliveiras em todo o seu território, porém, não se ungirá com o óleo, porque as azeitonas cairão.
41. Você gerará filhos e filhas que não pertencerão a você, pois irão para o exílio.
42. Os insetos se apoderarão de todas as suas árvores frutíferas.
43. O imigrante que vive em seu meio se elevará cada vez mais alto às custas de você, enquanto você descerá cada vez mais baixo.
44. Ele poderá emprestar a você, e você nada lhe poderá emprestar: ele ficará como cabeça, e você como cauda.
45. Todas essas maldições virão sobre você, o perseguirão e o atingirão, até que seja exterminado, porque você não obedeceu a Javé seu Deus, desobedecendo aos mandamentos e estatutos que ele ordenou.
46. Essas maldições serão para sempre um sinal e um prodígio contra sua descendência.
47. Uma vez que você não serviu a Javé seu Deus com alegria e generosidade quando estava na abundância,
48. então você servirá, na fome e na sede, com nudez e privação total, ao inimigo que Javé enviará contra você. O inimigo lhe colocará no pescoço uma canga de ferro, até que você seja exterminado.
49. Javé erguerá contra você uma nação distante, dos confins da terra, como águia veloz, uma nação cuja língua você não entende,
50. nação de cara dura, que não respeita o ancião e não tem piedade do jovem.
51. Ela comerá o fruto de seus animais e o fruto de sua terra, até que você seja exterminado; não deixará para você nem trigo, nem vinho novo, nem óleo, nem a cria de suas vacas, nem a prole de suas ovelhas, até que você fique destruído.
52. Ela cercará você em todas as suas cidades, até que venham abaixo, por toda a terra, os muros altos e fortificados, nos quais você colocava toda a sua segurança. Essa nação cercará você em todas as suas cidades, por toda a terra que Javé seu Deus tiver dado a você.
53. Então, na angústia do cerco com que o inimigo o apertar, você irá comer o fruto do seu ventre: a carne dos filhos e filhas que Javé seu Deus tiver dado a você.
54. O mais delicado e refinado homem do seu meio olhará com maldade para o seu irmão, para a mulher que ele estreitava em seu peito e para os filhos que lhe restar,
55. pois terá de repartir com algum deles a carne dos filhos que está para comer, pois nada mais lhe restará na angústia do cerco com que o inimigo vai apertar você em todas as suas cidades.
56. A mais delicada e refinada das mulheres do seu meio, tão delicada e refinada que nunca pôs a sola dos pés no chão, olhará com maldade para o homem que ela estreitava em seu seio e também para seu filho e sua filha,
57. e para a placenta que lhe sai por entre as pernas, e para o filho que acaba de dar à luz, porque, faltando tudo, ela os comerá às escondidas, por causa da angústia do cerco com que o inimigo vai apertar você em todas as suas cidades.
58. Se você não colocar em prática todas as palavras desta Lei escritas neste livro, temendo o nome glorioso e terrível de Javé seu Deus,
59. Javé ferirá você e sua descendência com pragas espantosas, pragas tremendas e persistentes, doenças graves e incuráveis.
60. Ele voltará contra você as pragas do Egito que o horrorizavam, e elas grudarão em você.
61. E ainda mais: Javé lançará contra você todas as doenças e pragas que não estão escritas neste livro da Lei, até que você seja exterminado.
62. Restarão de vocês poucos homens, vocês que eram tão numerosos como as estrelas do céu. Uma vez que você não obedeceu a Javé seu Deus,
63. então do mesmo modo que Javé tinha prazer em lhes fazer o bem e os multiplicar, assim também ele terá prazer em destruí-los e exterminá-los: vocês serão arrancados da terra em que estão entrando para dela tomar posse.
64. Javé espalhará você por entre todos os povos, de um a outro extremo da terra, e aí você servirá a outros deuses, que nem você nem seus pais conheceram, deuses feitos de madeira e pedra.
65. No meio dessas nações, você nunca terá tranqüilidade, e a sola do seu pé não encontrará onde descansar. Aí Javé dará a você um coração inquieto, olhos mortiços e respiração fraca.
66. Sua vida penderá à sua frente por um fio. Você ficará apavorado noite e dia e não acreditará mais na vida.
67. Pela manhã, você dirá: 'Quem me dera já fosse tarde!' E pela tarde dirá: 'Quem me dera já fosse manhã!' Tudo isso por causa do pavor que se apoderará do seu coração e pelo espetáculo que seus olhos contemplarão.
68. Javé fará vocês voltarem de barco ao Egito, ou pelo caminho do qual eu lhes tinha dito: 'Vocês nunca mais o verão!' Aí vocês se colocarão à venda como escravos e escravas para seus inimigos, e não haverá comprador".

V. TERCEIRO DISCURSO DE MOISÉS: ESCOLHER ENTRE A VIDA E A MORTE

ENCONTRAR DEUS NA HISTÓRIA
69. Palavras conclusivas da aliança que Javé mandou Moisés fazer com os israelitas, na terra de Moab, além da aliança que já havia feito com eles no Horeb.

[Deuteronômio 29]
Deuteronômio 29

1. Moisés convocou todo o Israel, e disse: "Vocês mesmos viram tudo o que Javé fez na terra do Egito contra o Faraó, contra seus ministros e contra todo o país deles:
2. as grandes provas que seus olhos viram, aqueles sinais e prodígios grandiosos.
3. Contudo, Javé não tinha dado a vocês, até o dia de hoje, um coração para compreender, olhos para ver e ouvidos para ouvir.
4. Eu fiz vocês caminharem quarenta anos pelo deserto, sem que as suas vestes envelhecessem e as sandálias de seus pés gastassem.
5. Vocês não tiveram pão para comer, nem bebida embriagante para beber, para que vocês compreendessem que eu sou Javé, o Deus de vocês.
6. Depois vocês chegaram a este lugar. Seon, rei de Hesebon, e Og, rei de Basã, saíram ao nosso encontro para a guerra, mas nós os derrotamos.
7. Conquistamos deles os territórios e os demos como herança a Rúben, Gad e à meia tribo de Manassés.

ALIAR-SE COM DEUS
8. Observem as palavras desta aliança e as ponham em prática, para serem bem sucedidos em tudo quanto fizerem.
9. Vocês se apresentaram hoje diante de Javé seu Deus, os chefes de suas tribos, os anciãos, os oficiais e todos os homens de Israel,
10. com as crianças e mulheres, inclusive o imigrante que está no seu acampamento, desde aquele que corta a madeira até aquele que tira água para você,
11. a fim de entrar na aliança de Javé seu Deus e aceitar o pacto sob condição, que Javé seu Deus assume hoje com você.
12. Desse modo, ele hoje vai constituir você como povo dele, e ele mesmo se tornará o Deus de você, conforme lhe falou e havia prometido a seus antepassados Abraão, Isaac e Jacó.
13. Não é somente com vocês que estou concluindo esta aliança e este pacto sob condição.
15. Eu estou concluindo esta aliança com aquele que está aqui conosco, hoje, diante de Javé nosso Deus, e também com aquele que não está aqui conosco hoje.

CONDIÇÃO FUNDAMENTAL: SERVIR A JAVÉ
15. Vocês sabem que habitamos lá no Egito e de que modo atravessamos aquelas nações.
16. Vocês viram as abominações e os ídolos delas, feitos de madeira, de pedra, de prata e de ouro.
17. Que não haja entre vocês homem ou mulher, clã ou tribo, cujo coração se desvie hoje de Javé nosso Deus, para servir os deuses daquelas nações. Que não haja entre vocês raízes que produzam plantas venenosas ou amargas.
18. Portanto, ouvindo as palavras deste pacto sob condição, alguém poderá felicitar a si próprio, dizendo: 'Vou ter paz, mesmo que ande conforme a dureza do meu coração, pois a abundância de água fará minha sede desaparecer'.
19. Nesse caso, Javé jamais consentirá em perdoá-lo. Pelo contrário, sua ira e ciúme se inflamarão contra tal homem, caindo sobre ele toda a maldição escrita neste livro. E Javé apagará o nome dele de debaixo do céu.
20. Para a perdição dele, Javé o separará de todas as tribos de Israel, conforme as maldições da aliança, escritas neste livro da Lei.

O CASTIGO DA INFIDELIDADE
21. A geração futura, os filhos que virão depois de vocês e o estrangeiro vindo de uma terra distante, verão as pragas desta terra e as doenças com que Javé a castigará:
22. enxofre e sal, terra queimada onde não se semeia e nada brota nem cresce, catástrofe como a de Sodoma e Gomorra, Adama e Seboim, que Javé destruiu em sua ira e furor.
23. Todas as nações perguntarão: 'Por que Javé agiu assim com esta terra? O que significa o ardor de tão grande ira?'
24. E responderão: 'É porque eles abandonaram a aliança que Javé, Deus de seus antepassados, tinha feito com eles, quando os tirou do Egito.
25. Eles foram servir a outros deuses e os adoraram, deuses que eles não conheciam e que Javé não lhes tinha dado.
26. Então a ira de Javé se inflamou contra esta terra, fazendo cair sobre ela todas as maldições escritas neste livro.
27. Javé os arrancou da própria terra, com ira, furor e grande indignação, e os atirou em outra terra, como hoje se pode ver'.

PRATICAR A JUSTIÇA
28. As coisas escondidas pertencem a Javé nosso Deus; as coisas reveladas, porém, pertencem para sempre a nós e a nossos filhos, para colocarmos em prática todas as palavras desta Lei.

[Deuteronômio 30]
Deuteronômio 30

NEM TUDO ESTÁ PERDIDO
1. Quando se cumprirem todas essas palavras em você, isto é, a bênção e a maldição que eu lhe propus, e você meditar nelas, vivendo no meio de todas as nações para onde Javé seu Deus o tiver expulsado,
2. então você se converterá, de todo o seu coração e de toda a sua alma para Javé seu Deus; você e seus filhos obedecerão a ele, conforme eu lhe ordeno hoje.
3. Então Javé seu Deus se compadecerá de você e mudará a sua sorte. Javé seu Deus voltará atrás e reunirá você de todos os povos, entre os quais ele o havia espalhado.
4. Ainda que você tivesse sido expulso para o fim do mundo, daí Javé seu Deus o reuniria e daí o tomaria
5. para o introduzir novamente na terra que seus antepassados possuíram, a fim de que você a possua. Ele fará você feliz e o multiplicará ainda mais que os seus antepassados.
6. Javé seu Deus circuncidará o seu coração e o coração dos seus descendentes, para que você ame a Javé seu Deus com todo o coração e com toda a alma, e viva.
7. Javé seu Deus fará recair todas essas maldições sobre os inimigos, sobre os que odiaram e perseguiram você.
8. Quanto a você, volte a obedecer a Javé seu Deus, colocando em prática todos os mandamentos dele, que eu hoje lhe ordeno.
9. Javé seu Deus fará prosperar as iniciativas suas, o fruto do seu ventre, o fruto dos seus animais e o fruto do seu solo. Porque Javé voltará a ter prazer com a felicidade de você, assim como tinha prazer com a felicidade de seus antepassados.
10. A condição, porém, é que você obedeça a Javé seu Deus, observando-lhe os mandamentos e estatutos escritos neste livro da Lei, e que você se converta com todo o coração e com toda a alma para Javé seu Deus.

NÃO HÁ COMO SE DESCULPAR
11. Este mandamento que hoje lhe ordeno não é muito difícil, nem está fora do seu alcance.
12. Ele não está no céu, para que você fique perguntando: 'Quem subirá por nós até o céu para trazê-lo a nós, a fim de que possamos ouvi-lo e colocá-lo em prática?'
13. Também não está no além-mar, para que você fique perguntando: 'Quem atravessará por nós o mar, para trazer esse mandamento a nós, a fim de que possamos ouvi-lo e colocá-lo em prática?'
14. Sim, essa palavra está ao seu alcance: está na sua boca e no seu coração, para que você a coloque em prática.

ESCOLHER ENTRE A VIDA E A MORTE
15. Veja: hoje eu estou colocando diante de você a vida e a felicidade, a morte e a desgraça.
16. Se você obedecer aos mandamentos de Javé seu Deus, que hoje lhe ordeno, amando a Javé seu Deus, andando em seus caminhos e observando os seus mandamentos, estatutos e normas, você viverá e se multiplicará. Javé seu Deus o abençoará na terra onde você está entrando para tomar posse dela.
17. Todavia, se o seu coração se desviar e você não obedecer, se você se deixar seduzir e adorar e servir a outros deuses,
18. eu hoje lhe declaro: é certo que vocês perecerão! Vocês não prolongarão seus dias sobre a terra, onde estão entrando, ao atravessar o Jordão, para dela tomar posse.
19. Hoje eu tomo o céu e a terra como testemunhas contra vocês: eu lhe propus a vida ou a morte, a bênção ou a maldição. Escolha, portanto, a vida, para que você e seus descendentes possam viver,
20. amando a Javé seu Deus, obedecendo-lhe e apegando-se a ele, porque ele é a sua vida e o prolongamento de seus dias. Desse modo você poderá habitar sobre a terra que Javé jurou dar a seus antepassados Abraão, Isaac e Jacó".

[Deuteronômio 31]
VI. APÊNDICE: A HISTÓRIA CONTINUA

Deuteronômio 31

UM NOVO LÍDER
1. Moisés falou essas palavras a todo o Israel.
2. Depois acrescentou: "Hoje eu estou com cento e vinte anos. Não posso mais ser chefe, e Javé me disse: 'Você não atravessará o rio Jordão'.
3. Quem vai à frente de você é o próprio Javé seu Deus. Ele destruirá essas nações que estão na sua frente e as conquistará. Josué irá à frente de você, conforme disse Javé.
4. E Javé tratará essas nações da maneira como tratou Seon e Og, os reis amorreus e a terra deles, que ele reduziu a ruínas.
5. Javé entregará essas nações, e vocês as tratarão conforme os mandamentos que lhes ordenei.
6. Sejam fortes e corajosos! Não tenham medo, nem fiquem apavorados diante delas, porque Javé seu Deus é quem vai com você. Ele não o deixará, e jamais o abandonará".
7. Então Moisés chamou Josué e, na presença de todo o Israel, disse a ele: "Seja forte e corajoso! Pois você entrará com todo este povo na terra que Javé prometeu dar a seus antepassados, e você repartirá a herança entre eles.
8. O próprio Javé irá à sua frente. Ele estará com você; não o deixará, e jamais o abandonará. Não tenha medo, nem se acovarde".

MANTER VIVA A CONSCIÊNCIA DO PROJETO
9. Então Moisés escreveu esta Lei e a entregou aos sacerdotes levitas, que carregavam a arca da aliança de Javé, e também a todos os anciãos de Israel.
10. E Moisés lhes ordenou: "No fim de cada sete anos, no ano da remissão, durante a festa das Tendas,
11. quando todo o Israel vier apresentar-se diante de Javé seu Deus, no lugar que ele tiver escolhido, você proclamará esta Lei a todo o Israel.
12. Reúna o povo, homens e mulheres, as crianças e o imigrante que está em suas cidades, para que ouçam e aprendam a temer Javé, o Deus de vocês, e coloquem em prática todas as palavras desta Lei.
13. E seus filhos que ainda não sabem, ouvirão e aprenderão a temer Javé, o Deus de vocês, todos os dias em que viverem na terra, da qual vocês tomarão posse ao atravessar o Jordão".

O CÂNTICO DO JULGAMENTO
14. Então Javé disse a Moisés: "O dia da sua morte está chegando. Chame Josué e apresentem-se na tenda da reunião, para que eu dê a ele as minhas ordens". Moisés e Josué foram à tenda da reunião.
15. Javé apareceu na tenda numa coluna de nuvem, que se colocou à entrada da tenda.
16. Javé disse a Moisés: "Veja! Você vai descansar com os seus antepassados, e este povo se prostituirá com os deuses da terra estrangeira onde está para entrar. Ele vai me abandonar, rompendo a aliança que fiz com eles.
17. Nesse dia, minha cólera se inflamará contra o povo, e eu os abandonarei, e esconderei deles a minha face. Então ele será devorado, e muitos males e desgraças o atingirão. E nesse dia o povo dirá: 'Deus não está mais comigo. É por isso que essas desgraças me atingiram'.
18. Sim, nesse dia eu esconderei a minha face, por causa de todo o mal que o povo terá feito ao se voltar para outros deuses.
19. Agora escrevam este cântico e o ensinem aos israelitas. Coloque-o na boca deles, para que seja um testemunho a meu favor contra os israelitas.
20. Quando eu tiver introduzido o povo na terra onde corre leite e mel, que eu prometi dar a seus antepassados, ele comerá até ficar satisfeito, engordará e se voltará para outros deuses e os servirá, desprezando-me e rompendo a minha aliança.
21. Por isso, quando muitos males e desgraças o tiverem atingido, este cântico deporá contra ele como testemunho, porque não será esquecido pelos seus descendentes. Conheço bem o projeto que ele está fazendo hoje, antes mesmo que eu o introduza na terra que prometi".
22. Nesse mesmo dia, Moisés escreveu este cântico e o ensinou aos israelitas.
23. Então Javé ordenou a Josué, filho de Nun: "Seja forte e corajoso! Pois você introduzirá os israelitas na terra que eu lhes prometi. Eu estarei sempre com você".

ESTE LIVRO É UM TESTEMUNHO
24. Quando acabou de escrever num livro toda esta Lei,
25. Moisés ordenou aos levitas que carregavam a arca da aliança de Javé:
26. "Peguem este livro da Lei e o coloquem ao lado da arca da aliança de Javé seu Deus. Ele ficará aí como testemunho contra você,
27. porque eu conheço bem o espírito rebelde e a cabeça dura que você tem. Se vocês se revoltam contra Javé enquanto ainda estou vivo, o que acontecerá depois da minha morte?"

O POVO DIANTE DO JULGAMENTO
28. Moisés continuou: "Reúnam junto a mim todos os anciãos das tribos e os oficiais, para que eu recite estas palavras na presença deles, e tome o céu e a terra como testemunhas contra eles.
29. Porque eu sei que depois da minha morte vocês vão se corromper completamente, desviando-se do caminho que lhes ordenei. Então o mal lhes acontecerá no futuro, porque vocês terão praticado o que Javé reprova, irritando-o com as ações de vocês".
30. Então Moisés recitou até o fim, na presença de toda a assembléia de Israel, o seguinte cântico:

[Deuteronômio 32]
1. CÂNTICO DE MOISÉS: A LIÇÃO DA HISTÓRIA

Deuteronômio 32

DEUS É JUSTIÇA
1. Escute, ó céu, que eu falarei. Ouça, ó terra, as palavras da minha boca.
2. Desça como chuva meu ensinamento e minha palavra se espalhe como orvalho; como chuvisco sobre relva macia e aguaceiro em grama verdejante.
3. Vou proclamar o nome de Javé, e vocês engrandeçam o nosso Deus.
4. Ele é a Rocha, e sua obra é perfeita, porque toda a sua conduta é o Direito. É Deus fiel e sem injustiça: Ele é a Justiça e a Retidão.

ISRAEL SE CORROMPEU
5. Os filhos degenerados pecaram contra ele, são uma geração depravada e pervertida.
6. É isso que vocês devolvem a Javé, povo idiota e sem sabedoria? Ele não é o pai e criador de vocês? Ele próprio fez você e o sustentou.

DEUS BENEFICIOU ISRAEL
7. Recorde os dias que se foram, repasse gerações e gerações. Pergunte a seu pai e ele contará, interrogue os anciãos e eles lhe dirão.
8. Quando o Altíssimo repartia as nações e quando espalhava os filhos de Adão, ele marcou fronteiras para os povos, conforme o número dos filhos de Deus.
9. Mas a parte de Javé foi o seu povo, o lote da sua herança foi Jacó.
10. Ele o encontrou numa terra árida, num deserto solitário e cheio de uivos. Cercou-o, cuidou dele e o guardou com carinho, como se fosse a menina de seus olhos.
11. Como águia que cuida do seu ninho e revoa por cima dos filhotes, ele o tomou, estendendo suas asas, e o carregou em cima de suas penas.
12. O único a conduzi-lo foi Javé. Nenhum deus estrangeiro o acompanhou.
13. Ele o colocou sobre os montes e o alimentou com produtos do campo. Ele o criou com mel silvestre, e com óleo de uma dura pedreira;
14. com coalhada de vaca e leite de ovelha, gordura de carneiros e cordeiros; com manadas de Basã e cabritos, com a flor da farinha de trigo e o sangue da uva, que bebe fermentado.

ISRAEL ABANDONOU A DEUS
15. Jacó comeu e ficou satisfeito, Jesurun engordou e deu coices - ficou gordo, robusto e corpulento - rejeitou o Deus que o fizera, desprezou sua Rocha salvadora.
16. Eles lhe provocaram o ciúme com deuses estranhos e o irritaram com suas abominações.
17. Sacrificaram a demônios, falsos deuses, a deuses que não haviam conhecido, deuses novos, recentemente chegados, que seus antepassados não temiam.
18. Você desprezou a Rocha que o gerou e esqueceu o Deus que lhe deu a vida.

DEUS CORRIGE ISRAEL
19. Javé viu tudo, ficou enfurecido, e rejeitou seus filhos e suas filhas.
20. Ele disse: "Vou esconder deles o meu rosto e ver qual será o seu futuro", porque são uma geração pervertida, são filhos que não têm fidelidade.
21. Eles provocaram meu ciúme com um deus falso, e me irritaram com seus ídolos vazios. Por isso vou provocar o ciúme deles com um povo falso, vou irritá-los com uma nação idiota.
22. O fogo da minha ira está ardendo e vai queimar até a mansão dos mortos; vai devorar a terra e seus produtos, e abrasar o alicerce das montanhas.
23. Vou acumular males sobre eles e contra eles vou esgotar as minhas flechas.
24. Ficarão enfraquecidos pela fome, consumidos por febres e pestes violentas. Mandarei contra eles os dentes das feras com o veneno de serpentes do deserto.
25. Fora, a espada levará seus filhos e, dentro o terror se instalará. Todos perecerão: o jovem e a donzela, a criança de peito e o velho de cabelos brancos.

JAVÉ ACUSA AS NAÇÕES
26. Então pensei: "Vou reduzi-los a pó, e apagar sua memória do meio dos homens".
27. Mas eu temi a arrogância dos inimigos, a má interpretação dos adversários. Eles diriam: "Nossa mão venceu, não foi Javé quem fez isso".
28. Porque é uma nação sem juízo e que não tem inteligência.
29. Se fossem sábios, entenderiam tudo isso e saberiam discernir o seu futuro.
30. Como pode um homem sozinho perseguir mil, e dois pôr em fuga dez mil? Não é porque sua Rocha os vendeu e porque Javé os entregou?
31. Sim, a rocha deles não é como a nossa Rocha e nossos inimigos podem atestar.
32. Pois a vinha deles é vinha de Sodoma e vem das plantações de Gomorra; suas uvas são uvas venenosas e seus cachos são amargos.
33. O vinho deles é veneno de serpente, violenta peçonha de cobras.

JAVÉ CORRIGE AS NAÇÕES
34. Isso não está guardado junto a mim e lacrado em meus tesouros?
35. A mim pertencem a vingança e a represália no dia em que o pé deles escorregar, porque o dia da ruína deles já vem chegando, e o seu destino futuro se aproxima.
36. Sim, Javé fará justiça a seu povo e terá piedade de seus servos. Ao ver que a mão deles vai fraquejando, e não há mais nem livre nem escravo,
37. Javé dirá: "Onde estarão os deuses deles, a rocha onde buscavam seu refúgio?
38. Vocês não comiam a gordura dos sacrifícios deles? Não bebiam o vinho de suas libações? Que esses deuses se ponham em pé e os socorram e sejam eles a proteção de vocês!
39. E agora, vejam bem: Eu sou eu e fora de mim não existe outro Deus. Eu faço morrer e faço viver, sou eu que firo e torno a curar, e ninguém se livra da minha mão.
40. Sim, eu levanto a mão para o céu e juro: Tão verdade como eu vivo eternamente,
41. quando eu afiar minha espada fulgurante e minha mão agarrar o Direito, eu tomarei vingança do meu adversário e retribuirei àqueles que me odeiam.
42. Embriagarei minhas flechas com sangue e minha espada devorará a carne, sangue dos mortos e cativos, da cabeça dos chefes inimigos".
43. Nações, aclamem todas a Javé com seu povo, porque ele vinga o sangue de seus servos, tomando vingança de seus adversários. Ele purifica a sua terra e o seu povo.
44. Moisés foi com Josué, filho de Nun, e recitou esse cântico inteiro na presença do povo.

A FONTE DA VIDA
45. Moisés terminou de falar essas palavras a todo o Israel,
46. e acrescentou: "Fiquem atentos a todas as palavras que hoje tomo como testemunho contra vocês. E vocês mandarão que seus filhos as observem, colocando em prática todas as palavras desta Lei.
47. Não é uma palavra inútil, porque ela é a vida de vocês, e é por meio dessa palavra que vocês prolongarão a vida na terra, da qual vão tomar posse, depois de atravessar o rio Jordão".
48. Nesse mesmo dia, Javé falou a Moisés:
49. "Suba à região montanhosa de Abarim, sobre o monte Nebo, na terra de Moab, na frente de Jericó, e contemple a terra de Canaã, que eu vou dar como propriedade aos filhos de Israel.
50. Você morrerá no monte em que tiver subido e se reunirá com seus antepassados, assim como seu irmão Aarão, que se reuniu ao seu povo no monte Hor.
51. Porque vocês foram infiéis a mim no meio dos israelitas, junto às águas de Meriba em Cades, no deserto de Sin, e não reconheceram a minha santidade no meio dos israelitas.
52. Por isso, você contemplará de longe a terra, mas não poderá entrar na terra que eu vou dar aos israelitas".

[Deuteronômio 33]
2. BÊNÇÃO DE MOISÉS: UM POVO ABENÇOADO POR JAVÉ

Deuteronômio 33

1. Esta é a bênção que Moisés, homem de Deus, antes de morrer pronunciou sobre os israelitas:
2. Javé veio do Sinai, amanheceu para eles de Seir, resplandeceu do monte Farã. Veio a eles da assembléia de Cades, desde o sul até as encostas.
3. Na frente, vai o favorito dos povos, à sua direita seguem os guerreiros e com a esquerda ele dirige seus santos. Eles se prostram à sua passagem e marcham sob suas ordens.
4. Moisés deu-nos uma lei, uma herança para a assembléia de Jacó.
5. Houve um rei em Jesurun, quando os chefes do povo se reuniram e, ao mesmo tempo, as tribos de Israel.
6. Viva Rúben e não morra, e sejam inumeráveis os seus homens.
7. Eis o que ele diz sobre Judá: Ouve, Javé, a voz de Judá e introduze-o no teu povo. Que tuas mãos o defendam: tu o protegerás contra os inimigos.
8. Sobre Levi ele diz: Entrega a Levi teus

Urim, e teus

Tumim ao homem que amas, que puseste à prova em Massa e desafiaste junto às águas de Meriba.
9. Ele diz de seu pai e de sua mãe: "Eu nunca vi vocês". Ele não reconhece mais seus irmãos e ignora seus filhos. Sim, eles observam a tua palavra e guardam a tua aliança.
10. Eles ensinam as tuas normas a Jacó e tua lei a Israel. Eles oferecem incenso em tua presença e holocaustos em teu altar.
11. Abençoa a força dele, ó Javé, e aceita a obra de suas mãos. Fere os rins dos adversários dele, e que os inimigos dele não se levantem.
12. Sobre Benjamim ele diz: O amado de Javé habita tranqüilo junto àquele que o protege todos os dias, e que repousa entre suas colinas.
13. Sobre José ele diz: A terra dele é abençoada por Javé: dele é o melhor orvalho do céu e do abismo subterrâneo;
14. o melhor dos produtos anuais e o melhor dos frutos mensais;
15. os primeiros frutos dos montes antigos e o melhor das colinas de outrora;
16. o melhor da terra e da sua riqueza. Que o favor daquele que habita na sarça desça sobre a cabeça de José, sobre a fronte do escolhido entre seus irmãos.
17. Ele é seu touro primogênito e a glória lhe pertence. Seus chifres são chifres de búfalo: com eles investe contra os povos até as extremidades da terra. São estas as miríades de Efraim e estes os milhares de Manassés.
18. Para Zabulon ele diz: Seja feliz em suas expedições, Zabulon, e você, Issacar, em suas tendas.
19. Sobre a montanha onde os povos invocam, eles oferecem sacrifícios de justiça, pois exploram as riquezas do mar e os tesouros escondidos na areia.
20. Sobre Gad ele diz: Abençoado aquele que amplia Gad. Ele se agacha como leoa, destroçando braços e crânio.
21. Ele escolheu para si os primeiros frutos, a parte reservada ao chefe. Tornou-se chefe do povo, executando a justiça de Javé e suas normas sobre Israel.
22. Sobre Dã ele diz: Dã é um filhote de leão, que salta de Basã.
23. Sobre Neftali ele diz: Neftali é saciado de favores e repleto das bênçãos de Javé: ele toma posse do mar e do sul.
24. Sobre Aser ele diz: Abençoado seja Aser entre os filhos, seja ele o favorito entre os irmãos, e banhe seu pé no óleo.
25. De ferro e bronze sejam suas trancas, e sua força dure como seus dias.
26. Ninguém é como o Deus de Jesurun: ele cavalga o céu em seu auxílio e as nuvens, com sua majestade.
27. O Deus de outrora é o seu refúgio; aqui embaixo, ele é o braço eterno que expulsa o inimigo de sua frente, e vai dizendo: "Destrua!"
28. Israel repousa em segurança; a fonte de Jacó fica separada, numa terra de trigo e vinho, sob um céu que destila orvalho.
29. Feliz de você, Israel! Quem é como você, povo salvo por Javé? Ele é o escudo que o protege e a espada que o conduz à vitória. Seus inimigos vão querer adular você, mas você lhes pisará nas costas.

[Deuteronômio 34]
Deuteronômio 34

MORTE DE MOISÉS
1. Então Moisés subiu das estepes de Moab ao monte Nebo, ao pico do Fasga, que fica na frente de Jericó. E Javé lhe mostrou toda a terra: desde Galaad até Dã,
2. todo o Neftali, a terra de Efraim e Manassés, toda a terra de Judá até o mar Mediterrâneo,
3. o Negueb, o distrito da planície de Jericó, cidade das palmeiras, até Segor.
4. E Javé falou a Moisés: "Essa é a terra que prometi a Abraão, Isaac e Jacó, quando eu disse: 'Eu a darei à sua descendência'. Eu estou lhe mostrando essa terra, mas você não atravessará até ela".
5. E Moisés, servo de Javé, morreu aí mesmo, na terra de Moab, conforme a palavra de Javé.
6. Foi sepultado no vale, na terra de Moab, na frente de Bet-Fegor. Até hoje, ninguém sabe onde fica a sepultura dele.
7. Moisés tinha cento e vinte anos quando morreu. Sua vista não tinha enfraquecido, nem se esgotara seu vigor.
8. Os israelitas choraram por Moisés, nas estepes de Moab, durante trinta dias, até que terminou o luto por Moisés.
9. Josué, filho de Nun, estava repleto do espírito de sabedoria, pois Moisés havia imposto as mãos sobre ele. E os israelitas obedeceram a Josué, agindo conforme Javé tinha ordenado a Moisés.

MOISÉS, MODELO DE PROFETA
10. Em Israel nunca mais surgiu outro profeta como Moisés, a quem Javé conhecia face a face.
11. Ninguém o igualou em todos os sinais e prodígios que Javé o mandou realizar no Egito contra o Faraó, contra toda a sua corte e contra sua terra.
12. Ninguém se igualou a Moisés na mão forte e em todos os feitos grandiosos e terríveis que ele realizou aos olhos de todo o Israel.

Send this page to a friend

St. Takla Church - Main IndexIndex of Antigo Testamento - BÍBLIA ON-LINE - Portuguese Bible (Brazil)

Like & share St-Takla.org

_


© Saint Takla Haymanout Website: Coptic Orhtodox Church - Alexandria, Egypt / URL: http://St-Takla.org / Contact us at

http://st-takla.org/Bibles/Portuguese-Bible/01-Antigo-Testamento/05-deuteronomio.html